Escola do Legislativo

A Ales possui um setor destinado a aperfeiçoar a qualificação de seus servidores. Desde 2004 a Escola do Legislativo vem atuando para elevar o nível do corpo técnico da Casa por meio da oferta de cursos, palestras, seminários e outras ações.

 

O público externo também é contemplado pelas atividades da escola. Um de seus objetivos é aproximar a sociedade, em especial, os mais jovens, dos trabalhos elaborados pela Assembleia. Para isso, desenvolve programas voltados para estimular a consciência política em estudantes.

 

A Escola do Legislativo foi criada pela Resolução 2.219/2004. Seus trabalhos são gerenciados sempre pelo 1º secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. Atualmente, o cargo é ocupado pela deputada Raquel Lessa (Pros).

Projetos da Escola do Legislativo

O programa abriga os projetos “Escolas na Ales”, “Deputado Jovem” e “Universitários no Parlamento”. Entretanto, qualquer cidadão pode participar de uma visita guiada pelos espaços da Assembleia, basta entrar em contato com a Escola do Legislativo.


A ideia é mostrar para estudantes de curso superior um pouco do que acontece dentro do Poder Legislativo estadual. Os universitários capixabas são estimulados a pensar criticamente e a participar das discussões políticas.


Apresentar a alunos de escolas públicas e privadas o trabalho da Assembleia Legislativa. Eles fazem uma visita monitorada pelos diversos setores da Casa e conhecem um pouco da história do Parlamento capixaba.

Agende sua visita

Esse projeto tem como finalidade fazer os estudantes simularem a atuação de um deputado estadual. Eles recebem orientação dos servidores da Assembleia para criarem um projeto de lei que será apresentado, discutido e votado pelos próprios alunos em uma sessão no Plenário Dirceu Cardoso.


A proposta é levar o Legislativo à comunidade escolar, promovendo ações de cidadania e estimulando a participação cidadã dos estudantes em sua região. Dentre os assuntos abordados pelo projeto estão temas como politica, bullying, drogas e Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).


Com foco no meio ambiente, o projeto busca desenvolver o sentimento sustentável nos servidores do Legislativo estadual. Os resíduos produzidos são separados de forma seletiva e encaminhados à Associação de Catadores de Vitória (Ascamare).


Para levar música de boa qualidade aos espaços e eventos da Assembleia Legislativa foi criado o Corales, coral de servidores, ex-servidores e familiares. Os ensaios acontecem as terças e quintas-feiras, às 12h30, na Escola do Legislativo.


Espaço de interação e troca de conhecimento entre os servidores da Assembleia Legislativa e a sociedade em geral. Tem como objetivo estimular o debate de temas atuais com a participação de especialistas.