Primeira infância poderá ter política estadual

PL sugere princípios para implementação da iniciativa, assim como programas que considerem prioridade atendimento a essa faixa etária

Por Aldo Aldesco

Crianças na creche
No ES há 333 mil crianças nessa faixa etária / Foto: Divulgação/Prefeitura de Pato Branco (PR)

De acordo com os estudos científicos, é na primeira infância (0 a 6 anos) que são construídas as estruturas afetivas, sociais e cognitivas da pessoa. É quando a criança precisa dos cuidados fundamentais. No estado, há, de acordo com o governo do Estado, 333 mil crianças nessa faixa etária, representando 8,38% da população capixaba.

Cumprindo o que já estabelece a Convenção dos Direitos da Criança da Organização das Nações Unidas (ONU), a Constituição Federal, e leis federais como o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o Executivo apresentou o Projeto de Lei (PL) 318/2018, que institui Política Estadual Integrada pela Primeira Infância do Espírito Santo.

O PL do governo do Estado propõe princípios, diretrizes e competências para a formulação e implementação da política estadual, assim como planos, programas, projetos, serviços e benefícios, considerando a prioridade absoluta de atendimento a essa faixa etária.

Caderneta da Criança

Será instituída a Caderneta da Criança, que será monitorada pelos órgãos públicos em todo o território capixaba, promovendo o acompanhamento do crescimento e desenvolvimento integral da pessoa, com abordagem intersetorial e multidisciplinar.

A tarefa do cuidado à primeira infância também cabe aos municípios, que devem ter cada um sua política municipal. Assim como a iniciativa estadual, devem propiciar atendimento integral à saúde, proteção contra todo tipo de violência, fortalecimento da família, entre outras políticas visando o crescimento saudável.

Ambas as políticas têm como referência os planos estadual e municipais pela primeira infância, que, por sua vez, é embasada no Plano Nacional pela Primeira Infância.

Tramitação

As comissões de Justiça, Cidadania, Educação, Assistência Social, Saúde e Finanças emitirão parecer sobre a matéria antes de ela ser votada em plenário.

Governador participa de plenária de vereadores
Atual representante dos parlamentares municipais, Wilton Minarini entregou a Renato Casagrande manifesto pedindo apoio do Executivo
Casa autoriza criação de duas comissões especiais
Colegiados vão tratar da fiscalização da concessão da BR-101 e debater setor de petróleo e gás capixaba
Membros de Assistência Social são eleitos
Comissão também definiu que as reuniões serão a cada 15 dias, às quartas-feiras, 12h10, no Plenário Judith Leão Castello Ribeiro
Obras da Leitão da Silva preocupam deputados
Parlamentares também cobraram construção de barragens mais seguras no interior do Espírito Santo
Governador participa de plenária de vereadores
Atual representante dos parlamentares municipais, Wilton Minarini entregou a Renato Casagrande manifesto pedindo apoio do Executivo
Casa autoriza criação de duas comissões especiais
Colegiados vão tratar da fiscalização da concessão da BR-101 e debater setor de petróleo e gás capixaba
Membros de Assistência Social são eleitos
Comissão também definiu que as reuniões serão a cada 15 dias, às quartas-feiras, 12h10, no Plenário Judith Leão Castello Ribeiro