Plenário vota orçamento na segunda (14)

Emendas parlamentares serão de até R$ 1 milhão. Orçamento apresentado por Casagrande cortou quase R$ 500 milhões da proposta inicial de Hartung

Por Redação Web Ales

Sessão plenária da Assembleia
Sessão será às 15 horas no Plenário Dirceu Cardoso / Foto: Tati Beling

A nova proposta de Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2019, enviada pelo governador Renato Casagrande (PSB), será analisada e votada pelos deputados estaduais em sessão plenária na próxima segunda-feira (14), às 15 horas, no Plenário Dirceu Cardoso. O Projeto de Lei 2/2019, que estima a receita e fixa a despesa do Estado para este ano reduziu o orçamento do Estado para 2019 de R$ 18,2 bilhões para R$ 17,7 bilhões.

 

Casagrande argumenta em mensagem enviada à Casa que a diminuição do valor do Orçamento em aproximadamente R$ 500 milhões se dá pela sinalização do governo federal de que vai reduzir as transferências constitucionais e legais e as incertezas do cenário econômico.

 

A matéria será analisada pela Comissão de Finanças.  O valor das emendas individuais será de até R$ 1 milhão por deputado, conforme acertado em reunião com os secretários estaduais secretários Davi Diniz (Casa Civil), Álvaro Duboc (Planejamento) e Rogélio Pegoretti (Fazenda) na última quarta-feira (9). Alguns parlamentares chegaram a defender um valor maior para as emendas.

Políticas públicas para evitar violência contra mulher
Em audiência, frente parlamentar debateu importância de envolver núcleo familiar como meio de mitigar essa mazela
Quintino quer mudança em lei de reclusão de PMs
Segundo proposta, ex-PMs com até 10 anos de desligamento da corporação também terão direito a ficarem reclusos em instalações militares
PL: gestantes orientadas contra Aedes aegypti
Propositura de Xambinho prevê medidas de prevenção de doenças causadas pelo mosquito
Coinfra recebe fabricante de embarcações
Modelo de empresa de SP tem capacidade para 60 pessoas sentadas; Comissão de Infraestrutura já ouviu empresas que atuam no Rio e em Vitória
Políticas públicas para evitar violência contra mulher
Em audiência, frente parlamentar debateu importância de envolver núcleo familiar como meio de mitigar essa mazela
Quintino quer mudança em lei de reclusão de PMs
Segundo proposta, ex-PMs com até 10 anos de desligamento da corporação também terão direito a ficarem reclusos em instalações militares
PL: gestantes orientadas contra Aedes aegypti
Propositura de Xambinho prevê medidas de prevenção de doenças causadas pelo mosquito
Não há notícias referenciadas.