Desrespeito ao Estatuto da PCD pode gerar sanção

Proposta prevê rejeição de contas do órgão ou poder que não cumprir normas de acessibilidade e inclusão da pessoa com deficiência

Por Gleyson

Dr. Hércules
Dr. Hércules é autor da proposta / Foto: Ellen Campanharo

Impor a rejeição das contas dos gestores públicos e agentes políticos que não respeitarem as normas de acessibilidade e inclusão previstas no Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei Federal 13.146/2015). Esse é o objetivo do Projeto de Lei (PL) 9/2019, apresentado pelo deputado Doutor Hércules (MDB). 

A proposição prevê que, ao analisar as prestações de contas anuais dos órgãos e poderes, o Tribunal de Contas do Estado (TCE-ES) deverá rejeitá-las caso fique constatado desrespeito ou desídia em relação à aplicabilidade prática das normas de acessibilidade e inclusão das pessoas com deficiência previstas no Estatuto.

Hércules destaca que a legislação determina a existência de acessibilidade nos edifícios públicos e que um imóvel acessível não deve conter barreiras que possam se constituir em entrave ou obstáculo que limite o direito de ir e vir das pessoas com deficiência.

“Assim, o PL busca criar mecanismos que criem uma severa punição àqueles que têm a obrigação legal de efetivar as políticas de acessibilidade e inclusão e não o fazem”, reforça. 

Se a proposta for aprovada, a lei resultante dela deve entrar em vigor 90 dias após a publicação em diário oficial. 

Situação do projeto

A matéria foi lida no Expediente para simples despacho da sessão ordinária do última terça-feira (5) e deve tramitar pelas comissões de Justiça e Finanças, antes de ser votada pelo Plenário da Casa. No momento, encontra-se na Procuradoria para elaboração de parecer. 
 

Deputados: Doutor Hércules
Ônibus: PL exige transparência no aumento da tarifa
Proposta de Gandini estabelece que planilha seja publicada com detalhes que justifiquem passagem mais cara
PL mobiliza para prevenir violência contra idosos
Marcos Garcia quer inserir o “Junho Violeta” no calendário de eventos, com iluminação de prédios públicos e ações de conscientização junto à população
Entrevista com Bahiense vai ao ar na segunda-feira
Em seu primeiro mandato no Parlamento, Delegado Danilo Bahiense é o convidado do programa "Com a Palavra", da TV Assembleia
PL exige loja de material de construção acessível
De acordo com proposta, lojas deverão reservar espaço para exposição e venda de produtos destinados às pessoas com deficiência e idosos 
Ônibus: PL exige transparência no aumento da tarifa
Proposta de Gandini estabelece que planilha seja publicada com detalhes que justifiquem passagem mais cara
PL mobiliza para prevenir violência contra idosos
Marcos Garcia quer inserir o “Junho Violeta” no calendário de eventos, com iluminação de prédios públicos e ações de conscientização junto à população
Entrevista com Bahiense vai ao ar na segunda-feira
Em seu primeiro mandato no Parlamento, Delegado Danilo Bahiense é o convidado do programa "Com a Palavra", da TV Assembleia