Judith Leão Castello Ribeiro é tema de mostra

Fotos e telas sobre a primeira deputada estadual eleita do Espírito Santo estão reunidas em mostra na Assembleia Legislativa

Por Kissila Mell

Exposição fica no térreo da Ales
Exposição aberta ao púbico se estende até 22 de junho / Foto: Tonico

Os 120 anos do nascimento da ex-deputada Judith Leão Castello Ribeiro (1898 -1982) estão sendo comemorados com uma exposição de fotos e telas sobre a vida da parlamentar. A abertura foi realizada nesta quarta-feira (15) no térreo da Assembleia Legislativa (Ales).

- Veja mais imagens das obras

A mostra “Cento e vinte anos de história de Judith Leão Castello Ribeiro”, reúne 40 quadros com fotos do acervo familiar, telas pintadas pela própria Judith, além de uma escultura em bronze do artista plástico Hippólito Alves. Todas essas obras foram doação do sobrinho João Luiz Castello Lopes Ribeir,o que conservou a memória da tia e fala com orgulho de sua trajetória política.

“Judith Leão foi uma mulher além do seu tempo. Em 1947 foi eleita a primeira deputada estadual do Espírito Santo. Cargo que exerceu por diversos mandatos na Assembleia Legislativa”, lembrou.

A mostra, realizada pelo Centro de Memória e Bens Culturais da Ales, é uma iniciativa das deputadas Iriny Lopes (PT), Janete de Sá (PMN) e Raquel Lessa (Pros).

“Não tem como falar do Parlamento capixaba sem falar em Judith Leão Castello Ribeiro. Nós temos um plenário nessa Casa onde está cravado o nome desta mulher que muito nos orgulha por ser símbolo de quebra de paradigmas, resistência e bravura das mulheres capixabas. Fico muito feliz desse resgate histórico. É um presente para as mulheres e para o povo do Espírito Santo”, afirmou Janete de Sá.

De acordo com o idealizador da exposição, o fotógrafo da Casa Antônio Carlos Sessa, mais conhecido como Tonico, a ideia da mostra existe há 15 anos e agora a Assembleia Legislativa poderá contar permanentemente com um vasto material histórico.

“Atualmente nós só temos três deputadas em atuação na Casa, o que ainda é pouco. Há 72 anos, após a Segunda Guerra Mundial, Judith já se elegeu deputada e ainda repetiu o mandato. Por isso a história dela deve ser eterna”, ressaltou Tonico, que é supervisor de Centro de Memórias e Bens Culturais.

A exposição, que ficará no térreo da Ales até 22 de junho, é aberta ao público em geral, das 8 às 18 horas.

História

Nascida no município de Serra, em 31 de agosto de 1898, Judith Leão Castello Ribeiro foi jornalista, professora, escritora e política. Em 1947 foi eleita a primeira deputada estadual do Espírito Santo, cargo que exerceu por diversos mandatos.

Em 1949 pleiteou uma cadeira na Academia Espírito-Santense de Letras, o que lhe foi negado. Em decorrência disso, fundou, em parceria com outras escritoras capixabas, a Academia Feminina Espírito-Santense de Letras, da qual foi sua 1ª presidente.

Somente em 1981 Judith ingressou como primeira mulher a ocupar uma Cadeira na Academia Espírito-Santense de Letras. No mesmo ano também ingressou no Instituto Histórico Geográfico do Estado do Espírito Santo. Em 1952, ajudou a fundar a Associação Feminina de Educação e Combate ao Câncer (Afecc), em Vitória. Ela morreu em março de 1982 na cidade do Rio de Janeiro.

Serviço
Exposição “Cento e vinte anos de história de Judith Leão Castello Ribeiro”

Data: Até 22 de junho
Horário: 8 às 18 horas
Local: Térreo da Assembleia Legislativa. Aberta ao público

Ales rumo à virtualização de processos
Servidores poderão solicitar benefícios sem o uso de papel
Ales mantém serviços ao cidadão em julho
Confira o horário de funcionamento de órgãos e instituições que atendem a população no espaço Assembleia Cidadã
PLC regulamenta aposentadoria de servidores
Após requerimento de aposentadoria, passa a ser facultativo o afastamento imediato do servidor de suas atividades
Conheça a comissão que atua no recesso
O presidente Erick Musso anunciou os nomes que vão compor a Comissão Representativa durante o recesso parlamentar 
Ales rumo à virtualização de processos
Servidores poderão solicitar benefícios sem o uso de papel
Ales mantém serviços ao cidadão em julho
Confira o horário de funcionamento de órgãos e instituições que atendem a população no espaço Assembleia Cidadã
PLC regulamenta aposentadoria de servidores
Após requerimento de aposentadoria, passa a ser facultativo o afastamento imediato do servidor de suas atividades