Comissão conhece medidas contra poluição

Colegiado de Meio Ambiente recebeu gerentes da mineradora Vale que falaram sobre medidas contra o pó preto

Por Márcia Tourinho | Atualizado há 3 meses

Comissão de Meio Ambiente
Colegiado fará reunião mensal para acompanhamento das ações / Foto: Ellen Campanharo

Representantes da mineradora Vale participaram nesta quarta-feira (12), em reunião extraordinária no Plenário Rui Barbosa, da Comissão de Meio Ambiente. A empresa foi representada pelo gerente de Meio Ambiente Romildo Fracalossi e pelo gerente de Relações com Comunidades Gustavo Belesa.

Veja mais fotos da comissão

Os deputados solicitaram explicações sobre medidas a serem tomadas  de forma a atender às recomendações da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Pó Preto, que encerrou os trabalhos em outubro de 2015. Na época, a CPI elaborou um relatório cobrando providências para a diminuição de poluentes emitidos pelo Porto de Tubarão.

Romildo Fracalossi apresentou as tecnologias e equipamentos instalados pela mineradora, como o canhão de névoa. A nova ferramenta contra a emissão de pó preto foi inaugurada no último dia 7, no Porto de Tubarão. O equipamento lança vapor de água na atmosfera para diminuir as partículas de poeira. O canhão de tecnologia italiana, ao detectar índice de partícula no ar, dispara gotas de água que envolvem e aglutinam a poeira e a joga no chão, impedindo que o vento a carregue.

Segundo Romildo, o novo projeto faz parte do Plano Diretor Ambiental da Vale que objetiva contemplar todas as ações que possam diminuir a poluição gerada pelas atividades da empresa. Está previsto um investimento de R$ 1,27 bilhão até 2023.

“Pesquisas da empresa fabricante apontam uma eficiência de 50% a 80% do Canhão Fog e vamos validar este resultado através da nossa rede de monitoramento da Vale”, afirmou Romildo. Ele salientou que  “o inventário de 2015 sobre emissão de poeira apresentou uma redução de quase 50% em relação ao inventário de 2010”.

O representante da ONG Juntos SOS Ambiental, Eraylton Moreschi Junior fez diversos questionamentos. O ativista criticou o fato de a sociedade não ter voz no processo de discussão e aplicação das decisões da área. “Não há respeito à Constituição Estadual, que no seu artigo 186, parágrafo 10, diz que é direito da sociedade participar da elaboração, discussão e aplicação das políticas ambientais do Estado do Espírito Santo”. 

CPI do Pó Preto

O colegiado decidiu que a partir de agosto fará reunião bimestral com objetivo de fazer acompanhamento das ações da Mineradora Vale para adequação mais efetiva no compromisso de diminuir a poluição provocava pelas atividades da empresa. Serão convidados para a reunião, além da Vale, a ArcelorMittal Tubarão, Ministério Público, prefeituras da Grande Vitória, Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Seama) e a sociedade civil.

A Comissão de Meio Ambiente é presidida pelo deputado Doutor Dr. Rafael Favatto (Patri). A deputada Raquel Lessa (Pros) é a vice-presidente e os deputados Marcos Garcia (PV), Gandini (Cidadania) e Iriny Lopes (PT) são membros efetivos.

Comissões: Meio Ambiente
Frente discute situação de motoristas de aplicativos
Colegiado se reúne na sexta (22) para discutir temas como segurança e melhorias na condição de trabalho da categoria
Transparência é o tema do MP com Você
No programa desta quinta-feira (22), o promotor Lidson da Silva  fala sobre o controle dos recursos públicos
Presidente ressalta harmonia entre Poderes
Pronunciamento foi feito na terceira sessão ordinária desta quarta (20) às 15h10
Aprovada mudança em ensino integral
Projeto de Lei Complementar foi analisado em conjunto por cinco comissões em sessão ordinária nesta quarta (20) e aprovado por 17 votos a 6 no Plenário
Frente discute situação de motoristas de aplicativos
Colegiado se reúne na sexta (22) para discutir temas como segurança e melhorias na condição de trabalho da categoria
Transparência é o tema do MP com Você
No programa desta quinta-feira (22), o promotor Lidson da Silva  fala sobre o controle dos recursos públicos
Presidente ressalta harmonia entre Poderes
Pronunciamento foi feito na terceira sessão ordinária desta quarta (20) às 15h10