Saúde aborda importância do saneamento

Segundo a BRK Ambiental, o processamento inadequado de água e esgoto é responsável por uma média diária de 13 internações no ES

Por Silvia Magna

Dr. Hércules e Hudson Leal
Comissão de Saúde se reuniu na manhã desta terça-feira / Foto: Tati Beling

A falta de investimentos em saneamento foi apontada pelo presidente da BRK Ambiental, Bruno Marinho Ravaglia, como um dos fatores que mais impactam a saúde pública no Brasil. Ele abordou o tema na reunião da Comissão de Saúde desta terça-feira (13), no Plenário Rui Barbosa.

Ravaglia afirmou que o processamento inadequado e insuficiente de água e esgoto é responsável por cerca de 13 internações diárias no Estado. Segundo ele, os municípios ainda estão aquém do esperado em se tratando de investimentos em saneamento. 

Estudo 

De acordo com estudo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) citado por Ravaglia, 65% das internações de crianças até dez anos são decorrentes de doenças causadas por contato com água suja e esgoto a céu aberto. 

No Espírito Santo, todos os meses, mais de quatro mil pessoas ocupam os leitos hospitalares, gerando um custo de aproximadamente R$1,8 milhão por ano aos cofres estaduais, conforme pontuou o presidente da BRK.

Ravaglia discorreu também sobre o desempenho da concessionária que, há 21 anos, administra os serviços de tratamento de água e esgoto em Cachoeiro de Itapemirim. A empresa é a única no Brasil que detém a concessão plena (dos dois serviços) nos municípios. 

Ele explicou que atualmente, 99% da população cachoeirense conta com abastecimento de água e 98% da área urbana tem coleta e tratamento de esgoto. 

Fotos da reunião da Comissão de Saúde

Energia

Bruno afirmou que a BRK Ambiental construiu uma usina hidrelétrica em Cachoeiro, ação que, segundo ele, é pioneira no Brasil. A energia é gasta nos serviços de captação e tratamento de água e esgoto. O que sobra é vendido pela empresa. 

“São R$22 milhões em investimentos em 21 anos de atuação no município e ainda vamos fazer muitas outras melhorias. Saneamento transforma a vida das pessoas porque leva saúde, dignidade e qualidade de vida para os moradores”, disse. 

BRK Ambiental

A BRK é a maior empresa privada de saneamento do Brasil, com investimentos em mais de 180 municípios, beneficiando mais de 15 milhões de pessoas.  A concessionária atua na gestão de serviços de água e esgoto, no tratamento de resíduos industriais e no desenvolvimento de outras soluções ambientais para uma ampla variedade de demandas. 
A Comissão de Saúde e Saneamento é presidida pelo deputado Dr. Hércules (MDB) e tem como membros efetivos os deputados Hudson Leal (PRB) e Dr. Emilio Mameri (PSDB). 
 

Projeto regra religação de serviços essenciais
Pela proposta, religação normal dos serviços nas áreas urbanas deverá levar no máximo seis horas e as de urgência três horas, com o dobro do limite para zona rural
Pagamento no cartão para evitar corte de energia
O objetivo da matéria é dar mais opções para quitação de débitos e poupar a empresa do retrabalho de desligar e religar o serviço
Mobilidade urbana foi tema de debate e fiscalização em 2019
Comissão de Infraestrutura da Assembleia chamou sociedade, Poderes e entidades para discussão sobre os principais gargalos da área no Estado
Favatto quer fraldário para idosos em lojas
Pelo texto proposto, espaço também atenderia adultos com alguma deficiência
Projeto regra religação de serviços essenciais
Pela proposta, religação normal dos serviços nas áreas urbanas deverá levar no máximo seis horas e as de urgência três horas, com o dobro do limite para zona rural
Pagamento no cartão para evitar corte de energia
O objetivo da matéria é dar mais opções para quitação de débitos e poupar a empresa do retrabalho de desligar e religar o serviço
Mobilidade urbana foi tema de debate e fiscalização em 2019
Comissão de Infraestrutura da Assembleia chamou sociedade, Poderes e entidades para discussão sobre os principais gargalos da área no Estado
Não há notícias referenciadas.