Ales explica cyberbullying para alunos da rede

Palestra foi uma ação conjunta da Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente e da CPI dos Crimes Cibernéticos

Por Luciana Wernersbach

Palestra sobre cyberbullying em Vitória
Palestra sobre cyberbullying foi em auditório de igreja em Vitória / Foto: Lissa de Paula

Ameaças por meio de redes sociais, e-mail ou celular; mensagens de conteúdo obsceno ou violento; e boatos que ofendem, entre outros, são exemplos de cyberbullying. Esse foi o tema da palestra que Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente e de Política sobre Drogas e a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Crimes Cibernéticos da Assembleia Legislativa levaram a estudantes da rede pública do ensino médio nesta quarta-feira (11) no bairro Jabour, em Vitória.

O especialista em Segurança da Informação, Gilberto Sudré, explicou que o bullying digital chega a ser mais grave do que o bullying fora da internet.

Gilberto Sudré também deixou claro aos estudantes que a internet não é uma terra sem lei: existe legislação e as punições podem ser aplicadas baseadas nos Códigos Penal e Civil, além das leis atuais específicas para crimes de internet, a exemplo da “Lei Carolina Dieckman”. Ao final, o especialista deu dicas aos estudantes de como se portar nas redes sociais.

Essa palestra já aconteceu na Assembleia, mas o deputado Vandinho Leite, presidente da Comissão, disse que percebeu o interesse dos estudantes, e isso o moveu a realizá-la fora do parlamento, no auditório de uma igreja no bairro Jabour, em Vitória. Também estiveram presentes os deputados Delegado Lorenzo Pazolini e Capitão Assumção, representantes do governo e do conselho tutelar.

Vice-governadora avalia participação de mulheres na política
Em entrevista ao Portal Web Ales, Jaqueline Moraes falou sobre os desafios para superar a baixa representatividade feminina na política
Exigida divulgação de gratuidade em cartório
Torino quer maior visibilidade para lei federal que proíbe cobrança de valores no registro estatutário de associações de moradores 
Espaço para a imprensa capixaba na Ales
Projeto cria ambiente destinado à história da imprensa no Espírito Santo, com fotos e dados sobre revistas e jornais dos municípios
PL prorroga validade de licenças e alvarás
Objetivo é conceder mais 180 dias de prazo em virtude de dificuldades de renovação durante a pandemia
Vice-governadora avalia participação de mulheres na política
Em entrevista ao Portal Web Ales, Jaqueline Moraes falou sobre os desafios para superar a baixa representatividade feminina na política
Exigida divulgação de gratuidade em cartório
Torino quer maior visibilidade para lei federal que proíbe cobrança de valores no registro estatutário de associações de moradores 
Espaço para a imprensa capixaba na Ales
Projeto cria ambiente destinado à história da imprensa no Espírito Santo, com fotos e dados sobre revistas e jornais dos municípios
Não há notícias referenciadas.