Criação de Academia de Letras Estudantil em pauta

Comissão vai debater projeto em reunião ordinária nesta segunda-feira (25), às 9 horas no Plenário Judith Castello Leão Ribeiro

Por Redação Web Ales, com a contribuição de Matheus Nobre

Comissão de Cultura
Comissão de Cultura / Foto: Tati Beling

A viabilidade de se implementar a Academia de Letras Estudantil em Vitória é o tema que encabeça a próxima reunião da Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa (Ales), prevista para esta segunda-feira (25), às 9 horas no Plenário Judith Leão.

Para fomentar o debate sobre o projeto o colegiado vai receber o presidente da Academia de Letras de Cariacica, Marcos Boubach, o escritor e autor do projeto da nova academia, Leonardo Monjardim e o escritor e presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Vila Velha, Manoel Góes que também é diretor do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo (IHGES).

Segundo Monjardim o objetivo do projeto é incentivar o hábito da escrita em jovens e crianças. Como uma das etapas para participação na academia, o escritor estabeleceu a eleição dos textos previamente enviados, selecionando os 40 melhores colocados entre 10 e 12 anos, e outros 40 entre 13 e 15 anos.

Os selecionados no processo irão compor a primeira turma. A intenção é de começar pela capital, mas o projeto pode alcançar outras regiões.

Veja as fotos da reunião da Comissão de Cultura

A comissão é presidida pelo deputado Torino Marques (PSL), tendo Carlos Von (Avante) como vice e Delegado Danilo Bahiense (PSL) como membro efetivo.

Comissões: Cultura
Projeto regra religação de serviços essenciais
Pela proposta, religação normal dos serviços nas áreas urbanas deverá levar no máximo seis horas e as de urgência três horas, com o dobro do limite para zona rural
Pagamento no cartão para evitar corte de energia
O objetivo da matéria é dar mais opções para quitação de débitos e poupar a empresa do retrabalho de desligar e religar o serviço
Mobilidade urbana foi tema de debate e fiscalização em 2019
Comissão de Infraestrutura da Assembleia chamou sociedade, Poderes e entidades para discussão sobre os principais gargalos da área no Estado
Favatto quer fraldário para idosos em lojas
Pelo texto proposto, espaço também atenderia adultos com alguma deficiência
Projeto regra religação de serviços essenciais
Pela proposta, religação normal dos serviços nas áreas urbanas deverá levar no máximo seis horas e as de urgência três horas, com o dobro do limite para zona rural
Pagamento no cartão para evitar corte de energia
O objetivo da matéria é dar mais opções para quitação de débitos e poupar a empresa do retrabalho de desligar e religar o serviço
Mobilidade urbana foi tema de debate e fiscalização em 2019
Comissão de Infraestrutura da Assembleia chamou sociedade, Poderes e entidades para discussão sobre os principais gargalos da área no Estado