Matéria veda cobrança por prova de 2ª chamada

Projeto é do deputado Carlos Von e vale para instituições privadas de ensino superior, médio e fundamental

Por Aldo Aldesco

Carlos Von
Carlos Von é o autor do projeto / Foto: Tati Beling

Apresentado pelo deputado Carlos Von (Avante), o projeto de lei (PL) 781/2019 propõe a proibição de cobrança de taxas para a realização de provas de segunda chamada, finais ou equivalentes pelas instituições privadas de ensino superior, médio e fundamental no estado.

De acordo com o PL o estudante não pode ser impedido de realizar a prova, teste, exame ou outra forma de avaliação por não ter feito o pagamento exigido, mesmo em se tratando de mensalidades.

A proibição não vale para concursos públicos, vestibulares ou provas destinadas ao acesso inicial a determinado curso, bem como ao ingresso em escolas, colégios ou faculdades, incluindo os exames de habilidade específica exigidos para ingresso em determinados cursos técnicos ou superiores, segundo o texto da lei.

A proposição está juridicamente justificada por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), em julgamento de agosto de 2019, à Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) movida pela Confederação Nacional dos Estabelecimentos de Ensino questionando lei similar no estado do Rio de Janeiro. A decisão do STF proíbe a “cobrança abusiva de qualquer taxa ou numerário dos estudantes que se submeterem à prova de segunda chamada, exames finais e outros equivalentes”, argumenta o deputado.

A matéria será analisada pelas comissões de Justiça, Defesa do Consumidor, Educação e Finanças.

Deputados: Carlos Von
Descartáveis: semana para debater uso zero
Emílio Mameri sugere que data sirva para esclarecer impactos causados por esses produtos
Personal poderá ter livre acesso às academias
PL do Delegado Danilo Bahiense acaba com cobrança de taxas por parte dos alunos e educadores físicos
Doenças raras: diagnóstico tardio e custo do tratamento são entraves
Presidente de associação de apoio aos pacientes, Cristiane Alvarenga, defende criação de centro de referência para atendimento aos pacientes
Reaproveitamento do plástico em debate
Evento abordou a importância de tratar a reciclagem com viés econômico
Descartáveis: semana para debater uso zero
Emílio Mameri sugere que data sirva para esclarecer impactos causados por esses produtos
Personal poderá ter livre acesso às academias
PL do Delegado Danilo Bahiense acaba com cobrança de taxas por parte dos alunos e educadores físicos
Doenças raras: diagnóstico tardio e custo do tratamento são entraves
Presidente de associação de apoio aos pacientes, Cristiane Alvarenga, defende criação de centro de referência para atendimento aos pacientes