Comida de praia é tema do Sabores deste sábado

Programa traz as preferências dos banhistas na hora de escolher o que consumir e as dicas para uma alimentação saudável

Por Luciana Wernersbach

Ambulante carrega cesto com castanhas na praia
Programa inédito vai ao ar às 8h30, com reprise às 12 horas e 22h30 / Foto: Tati Beling

Milho verde, queijo assado, peixe frito, ostras com limão, empadinhas, picolés, cervejinha gelada, água de coco, etc. “Comida de Praia” é o tema do programa Sabores que vai ao ar neste sábado  (15), às 8h30, na TV Assembleia, com reprise às 12 horas e às 22h30.

O programa mostra as preferências das pessoas, tanto capixabas quanto turistas, na hora de escolher os petiscos, as bebidas e as guloseimas na praia. Uma nutricionista orienta sobre os cuidados com as escolhas e dá dicas de como comer de forma mais saudável.

O Sabores  vai ao ar às 8h30, às 12 horas e às 22h30, na TV Assembleia. Confira os canais de exibição na Grande Vitória: 19.2 aberto e digital, 319.2 da GVT, 12 da NET, 23 da RCA e 519.2 da Sky. Nesses horários, o programa poderá ser visto pela internet, no canal da TV Assembleia pelo YouTube.
 

Descartáveis: semana para debater uso zero
Emílio Mameri sugere que data sirva para esclarecer impactos causados por esses produtos
Personal poderá ter livre acesso às academias
PL do Delegado Danilo Bahiense acaba com cobrança de taxas por parte dos alunos e educadores físicos
Doenças raras: diagnóstico tardio e custo do tratamento são entraves
Presidente de associação de apoio aos pacientes, Cristiane Alvarenga, defende criação de centro de referência para atendimento aos pacientes
Reaproveitamento do plástico em debate
Evento abordou a importância de tratar a reciclagem com viés econômico
Descartáveis: semana para debater uso zero
Emílio Mameri sugere que data sirva para esclarecer impactos causados por esses produtos
Personal poderá ter livre acesso às academias
PL do Delegado Danilo Bahiense acaba com cobrança de taxas por parte dos alunos e educadores físicos
Doenças raras: diagnóstico tardio e custo do tratamento são entraves
Presidente de associação de apoio aos pacientes, Cristiane Alvarenga, defende criação de centro de referência para atendimento aos pacientes
Não há notícias referenciadas.