Duas novas frentes parlamentares instaladas na Ales

Parcerias público-privadas e inovação e tecnologia são as áreas que serão tratadas pelos dois colegiados da Casa

Por Redação Web Ales

Deputado Bruno Lamas em reunião virtual
Deputado Bruno Lamas foi eleito presidente dos grupos parlamentares / Foto: Ellen Campanharo

Duas novas frentes parlamentares suprapartidárias foram instaladas na Assembleia Legislativa em reuniões virtuais realizadas pelos deputados nesta quinta-feira (30). Uma delas foi criada para debater as parcerias público-privadas e a outra vai tratar de inovação tecnológica.

A criação da Frente Parlamentar das Parcerias Público-Privadas foi iniciativa do deputado Bruno Lamas (PSB), presidente do colegiado. O secretário-executivo é o deputado Renzo Vasconcelos (Progressistas­). A frente foi criada para debater novas formas de desenvolvimento e de relações de bens públicos e serviços com a iniciativa privada.

Bruno justificou a importância do grupo parlamentar citando exemplos de parcerias público-privadas (PPPs) já em andamento, como o Plano Municipal de Saneamento Básico da Serra e o de Vila Velha, além do município de Cariacica, que está iniciando o processo de parceria. “A parceira público-privada é uma realidade no Brasil e no Espírito Santo. A Assembleia Legislativa, através desta frente, e os senhores deputados e deputadas, daremos nossa contribuição”, previu.

O deputado Dr. Rafael Favatto (Patri) destacou que o tema da frente “é muito amplo e o estado do Espírito Santo precisa dessas parcerias para seguir no rumo certo, abrir novas frentes de emprego, principalmente depois dessa pandemia, muita coisa há de se fazer”, considerou.

Eleito secretário-executivo da frente, o deputado Renzo Vasconcelos ressaltou que “a Constituição de 1988 garante segurança, educação e saúde, mas outros temas ficaram fora da administração pública. O Ministério Público e o crescimento do terceiro setor vêm trazer aos contribuintes de uma forma mais célere as parcerias público-privadas”, avaliou.

Além de Bruno Lamas e Renzo Vasconcelos, fazem parte ainda da Frente Parlamentar das Parceiras Público-privadas os deputados Coronel Alexandre Quintino (PSL), Dr. Rafael Favatto, Emilio Mameri (PSDB), Euclério Sampaio (DEM), Marcos Garcia (PV), Raquel Lessa (Pros) e Sergio Majeski (PSB).

Inovação e tecnologia

O outro colegiado instalado é a Frente Parlamentar da Inovação e Tecnologia, cuja iniciativa também coube ao deputado Bruno Lamas. O secretário-executivo escolhido pelos parlamentares foi o deputado Coronel Alexandre Quintino.

O grupo parlamentar tem objetivo de promover políticas de inovação, pesquisa, ciência e tecnologia como parte propulsora do desenvolvimento sustentado no Brasil, suas instituições de pesquisa para melhor aproveitamento dos recursos naturais.

Segundo o ato de criação, a frente deve atuar “sempre de forma conjugada com a melhoria das condições socioeconômicas da população capixaba”. Também pretende estimular as atividades de pesquisa e inovação em áreas como a biotecnologia e nanotecnologia, além de outros campos estratégicos.

Integram ainda a Frente Parlamentar da Inovação e Tecnologia os deputados Renzo Vasconcelos, Rafael Favatto, Dary Pagung (PSB), Doutor Hércules (MDB), Euclério Sampaio (DEM), Marcos Garcia (PV), Raquel Lessa (Pros) e Sergio Majeski (PSB).

First slide
First slide
First slide
First slide
First slide
Garcia propõe combate a golpes contra idosos
PL prevê campanha com medidas para informar, prevenir e reprimir práticas como estelionato e apropriação ilegal de valores
Hudson quer EPI para trabalhador de funerária
Projeto do deputado obriga fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual e produtos para desinfecção de ambientes durante a pandemia do coronavírus
CPIs seguem apurações mesmo com pandemia
Notícias falsas, abandono de animais, assistência a ribeirinhos e situação de obras são alguns pontos tratados pelos colegiados
Ales apoia decisão do CNJ contra fechamento de comarcas
Deputados comemoraram decisão em caráter liminar do Conselho Nacional de Justiça contra resolução do TJES que reduzia de 69 para 42 o número de comarcas
Garcia propõe combate a golpes contra idosos
PL prevê campanha com medidas para informar, prevenir e reprimir práticas como estelionato e apropriação ilegal de valores
Hudson quer EPI para trabalhador de funerária
Projeto do deputado obriga fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual e produtos para desinfecção de ambientes durante a pandemia do coronavírus
CPIs seguem apurações mesmo com pandemia
Notícias falsas, abandono de animais, assistência a ribeirinhos e situação de obras são alguns pontos tratados pelos colegiados
Não há notícias referenciadas.