Apoio da Ales assegura recursos para Anchieta

Orçamento aprovado pela Assembleia destina investimentos para orla de Ubu, construção de casas populares e outras ações anunciadas pelo governo estadual

Por Larissa Lacerda, com edição de Nicolle Expósito

Pessoas em pé sobre palco durante solenidade de assinatura de ordem de serviço
Autoridades durante assinatura de ordem de serviço em Anchieta nesta sexta-feira / Foto: Alexandre Galveas

O município de Anchieta vai receber um total de R$ 57 milhões em investimentos públicos em obras de infraestrutura do governo do Estado. Na manhã desta sexta-feira (7) foi assinada ordem de serviço que autoriza o início das obras de reurbanização da orla de Ubu, ampliação de saneamento básico em Iriri e construção de uma unidade da polícia militar no município. A solenidade realizada no balneário de Ubu contou com a presença do governador do Estado, Renato Casagrande (PSB), do presidente da Assembleia Legislativa (Ales), deputado Marcelo Santos (Podemos), do prefeito de Anchieta, Fabrício Petri (PSB) e outras autoridades. 

O chefe do Parlamento enfatizou o papel da Assembleia Legislativa na autorização desses investimentos, refletindo no desenvolvimento do estado. “Eu preciso registrar que não tem um prego nesse Estado colocado com recursos públicos, que não passou por nós na Assembleia para autorizar. Vocês aqui em Anchieta, e todos os capixabas nas 78 cidades do Espírito Santo, têm investimento do governo do Estado com autorização da Assembleia Legislativa”, reforçou Marcelo Santos. 

A reurbanização vai abranger 1,2 km da orla de Ubu, incluindo a construção de dez quiosques, cinco módulos de banheiros, pérgolas, playground, rampa de acessibilidade para a praia e guarda-corpos. O projeto também prevê serviços de drenagem e pavimentação entre o trevo de Ubu e a praia. O prazo para execução das obras é de 630 dias. O investimento para a reurbanização da orla de Ubu será de R$ 19 milhões.

O Estado ainda anunciou aporte financeiro de R$ 23 milhões para obras de ampliação do sistema de abastecimento de água em Iriri, para atender cerca de 56 mil pessoas. Outras medidas anunciadas incluem a construção de 32 casas populares e de uma companhia da polícia militar no município. 

O governador afirmou que as medidas buscam melhorar a qualidade de vida dos moradores e atrair mais turistas, assegurando o desenvolvimento contínuo da região. “Em parceria com a prefeitura, a gente dá mais um passo na estruturação do município de Anchieta com investimentos em saneamento, infraestrutura e segurança pública. A gente quer melhorar a vida de quem mora aqui, e também melhorar para quem vem desfrutar de Anchieta”, declarou Casagrande. 

Guanabara

Além da solenidade na praia de Ubu, o governo realizou um evento em Guanabara para inaugurar as obras de drenagem e pavimentação das ruas do bairro de Anchieta. Foi concluída a pavimentação em dez vias locais, além da construção de calçadas e rampas. O projeto foi viabilizado a partir do convênio firmado entre a Prefeitura de Anchieta e o governo do Estado no valor de R$ 6,5 milhões.

Temas: anchieta
Papel dos conselhos na defesa das mulheres em pauta
Seminário abordou importância de estruturas como Conselhos Municipais e Procuradorias das Mulheres para a construção de políticas públicas de gênero
PL prevê educação física adaptada para aluno com transtorno
Alunos com transtornos sensoriais ou psicológicos poderão ter assegurado em lei o direito à educação física adaptada
Lei oficializa primeiros passos dos imigrantes
Rota Caminho dos Imigrantes, entre Santa Teresa e Santa Leopoldina, tem quase 30 km; outras cinco leis de valorização do turismo e cultura foram publicadas no DPL ...
CPI alerta para casos de bullying na internet
Comissão de Inquérito da Ales apura abusos contra crianças e adolescentes no ambiente virtual; violações vão de ameaças a incitação à prática de crimes
Papel dos conselhos na defesa das mulheres em pauta
Seminário abordou importância de estruturas como Conselhos Municipais e Procuradorias das Mulheres para a construção de políticas públicas de gênero
PL prevê educação física adaptada para aluno com transtorno
Alunos com transtornos sensoriais ou psicológicos poderão ter assegurado em lei o direito à educação física adaptada
Lei oficializa primeiros passos dos imigrantes
Rota Caminho dos Imigrantes, entre Santa Teresa e Santa Leopoldina, tem quase 30 km; outras cinco leis de valorização do turismo e cultura foram publicadas no DPL ...
Política de Privacidade.

O Portal da Ales utiliza cookies para auxiliar na sua navegação. Ao utilizar este site, você concorda com a nossa política de monitoramento de cookies. Para mais informações, acesse a nossa Politica de Privacidade.

ACEITO E FECHAR