Atendimento da Ales é muito bom para 76,6%

Resultado é apontado em pesquisa de satisfação realizada com usuários dos serviços da administração pública

Por Redação Web Ales, com edição de Nicolle Expósito

Pessoas sendo atendidas em serviço do Espaço Assembleia Cidadã
Quase 80% dos que participaram da pesquisa utilizaram serviços do Espaço Assembleia Cidadã / Foto: Lucas S. Costa

Em acordo com o que determina a Lei de Defesa do Usuário dos Serviços Públicos (Lei 13.460/2017), pesquisa de satisfação realizada pela Assembleia Legislativa (Ales) mostra que 76,6% das pessoas que responderam o levantamento consideram o atendimento na Casa muito bom. A imagem da Assembleia Legislativa é excelente/boa para 83% das respostas (59,6% consideram a imagem excelente e 23,4% consideram que é boa).

A lei nacional trata sobre a participação, proteção e defesa dos direitos do usuário dos serviços da Administração Pública. O grau de satisfação da amostra é alto. Um total de 59,6% declarou-se muito satisfeito e mais 27,7% apontaram-se satisfeitos. Entre os que responderam ao questionário, 78,7% já utilizaram algum dos serviços públicos oferecidos dentro da Assembleia, como o Procon, o Posto de Identificação e a Delegacia do Consumidor. Apenas 2,2% afirmaram desconhecer a existência dos serviços.

A pesquisa leva em consideração as diversas formas de contato que o cidadão pode ter com o Legislativo. O contato presencial foi apontado por 70,2%; já 14,9% consideraram a interação com algum deputado; e 12,6% o contato com algum servidor da Casa.

Legislação

A Lei 13.460 é considerada um avanço normativo para a qualidade dos serviços públicos e atendimento do usuário, seja pessoa física ou jurídica, na administração pública direta e indireta da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. 

São princípios explícitos da norma a regularidade, a continuidade, a efetividade, a segurança, a atualidade, a generalidade, a transparência e a cortesia.
 

Papel dos conselhos na defesa das mulheres em pauta
Seminário abordou importância de estruturas como Conselhos Municipais e Procuradorias das Mulheres para a construção de políticas públicas de gênero
PL prevê educação física adaptada para aluno com transtorno
Alunos com transtornos sensoriais ou psicológicos poderão ter assegurado em lei o direito à educação física adaptada
Lei oficializa primeiros passos dos imigrantes
Rota Caminho dos Imigrantes, entre Santa Teresa e Santa Leopoldina, tem quase 30 km; outras cinco leis de valorização do turismo e cultura foram publicadas no DPL ...
CPI alerta para casos de bullying na internet
Comissão de Inquérito da Ales apura abusos contra crianças e adolescentes no ambiente virtual; violações vão de ameaças a incitação à prática de crimes
Papel dos conselhos na defesa das mulheres em pauta
Seminário abordou importância de estruturas como Conselhos Municipais e Procuradorias das Mulheres para a construção de políticas públicas de gênero
PL prevê educação física adaptada para aluno com transtorno
Alunos com transtornos sensoriais ou psicológicos poderão ter assegurado em lei o direito à educação física adaptada
Lei oficializa primeiros passos dos imigrantes
Rota Caminho dos Imigrantes, entre Santa Teresa e Santa Leopoldina, tem quase 30 km; outras cinco leis de valorização do turismo e cultura foram publicadas no DPL ...
Política de Privacidade.

O Portal da Ales utiliza cookies para auxiliar na sua navegação. Ao utilizar este site, você concorda com a nossa política de monitoramento de cookies. Para mais informações, acesse a nossa Politica de Privacidade.

ACEITO E FECHAR