Sai nomeação de Bruno Lamas para secretário

Decreto foi publicado no Diário Oficial desta segunda; para assumir cargo no Executivo estadual, deputado precisa se licenciar da Assembleia

Por Gabriela Zorzal

Bruno Lamas
Bruno Lamas está em seu segundo mandato como deputado estadual / Foto: Lissa De Paula

O deputado estadual Bruno Lamas (PSB) foi nomeado pelo governo para exercer a função de secretário de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social. O decreto com a nomeação do parlamentar está publicado no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (4).

De acordo com a Constituição Estadual, em seu artigo 54, o deputado estadual investido no cargo de secretário de Estado não perde o mandato. Já o artigo 292 do Regimento Interno da Casa define que, nesses casos, o parlamentar deve pedir licença da Assembleia Legislativa (Ales). 

Lamas é formado em Administração de Empresas e pós-graduado em Gestão Pública. Foi vereador por três vezes no município da Serra e está no segundo mandato consecutivo como deputado estadual, eleito em outubro passado com 16.979 votos.

Suplente

Após a saída de Bruno Lamas (PSB), a Ales deve convocar o suplente Freitas (PSB) por meio de um ato da Mesa Diretora, a ser publicado do Diário do Poder Legislativo (DPL). 

Freitas (PSB) recebeu 15.320 votos nas eleições do ano passado. Se assumir a vaga na Casa, ele iniciará o seu quarto mandato como deputado estadual. É o primeiro suplente da coligação formada pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) e Democracia Cristã (DC).

Deputados: Bruno Lamas
Garcia propõe combate a golpes contra idosos
PL prevê campanha com medidas para informar, prevenir e reprimir práticas como estelionato e apropriação ilegal de valores
Hudson quer EPI para trabalhador de funerária
Projeto do deputado obriga fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual e produtos para desinfecção de ambientes durante a pandemia do coronavírus
CPIs seguem apurações mesmo com pandemia
Notícias falsas, abandono de animais, assistência a ribeirinhos e situação de obras são alguns pontos tratados pelos colegiados
Ales apoia decisão do CNJ contra fechamento de comarcas
Deputados comemoraram decisão em caráter liminar do Conselho Nacional de Justiça contra resolução do TJES que reduzia de 69 para 42 o número de comarcas
Garcia propõe combate a golpes contra idosos
PL prevê campanha com medidas para informar, prevenir e reprimir práticas como estelionato e apropriação ilegal de valores
Hudson quer EPI para trabalhador de funerária
Projeto do deputado obriga fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual e produtos para desinfecção de ambientes durante a pandemia do coronavírus
CPIs seguem apurações mesmo com pandemia
Notícias falsas, abandono de animais, assistência a ribeirinhos e situação de obras são alguns pontos tratados pelos colegiados