Inseticida derivado da nicotina pode ser proibido

Segundo proposição, substância à base de neonicotinóides usada em fumacê é prejudicial às abelhas

Por Luciana Wernersbach

Fabricio Gandini
“As abelhas têm um papel muito importante na polinização", resume o autor / Foto: Ellen Campanharo

A fim de evitar um desastre ambiental, o deputado Fabrício Gandini (PPS) protocolou um projeto de lei (PL 237/2019) na Assembleia Legislativa (Ales). A medida proíbe o uso de inseticidas à base de neonicotinóides, substância derivada da nicotina, nos serviços de carro fumacê, nos centros urbanos no Espírito Santo.

O motivo é por essa substância ser letal para as abelhas. “As abelhas têm um papel muito importante na polinização. Elas são importantes para a biodiversidade, na produção de alimentos e no meio ambiente. Porém, o uso desse tipo de inseticida é extremamente prejudicial, matando esses insetos, principalmente os zangões. Na União Europeia ele já foi banido”, afirma.

Na justificativa da matéria, Gandini explica que o neonicotinóide é utilizado para controlar pragas, mas, diferente de outros, é sistêmico. Colocado na semente, o neonicotinóide se espalha por toda a planta: folhas, flores, ramos, raízes, néctar e pólen e prejudica a habilidade das abelhas de sacudir as flores e provocar a polinização.

Para o parlamentar, é possível utilizar outros tipos de inseticidas no fumacê – como é conhecido o serviço das prefeituras para combater mosquitos, que utiliza a técnica de Ultra Baixo Volume (UBV), na qual o inseticida é diluído em óleo vegetal, formando uma névoa.

Tramitação

O projeto será analisado pelas comissões de Justiça, Meio Ambiente e Finanças.

Deputados: Gandini
Pólio: deputado destaca importância de vacinação
Doutor Hércules, presidente da Comissão de Saúde, alertou que a baixa cobertura vacinal causa risco de a paralisia infantil retornar ao país
Cultura debate incentivo à literatura infantil
A escritora Joana Herkenhoff apresentou sua primeira obra infantil e cobrou melhoria das políticas públicas de fomento ao setor 
Reunião de Segurança tem cobranças ao governo
Bahiense pediu força-tarefa para investigar desaparecimento de policial, enquanto Assumção cobrou instalação de lombada em estrada
Atendimento a paciente queimado em pauta
Projeto Fênix, que atua na reabilitação de pessoas que sofreram queimaduras, será apresentado na Comissão de Saúde
Pólio: deputado destaca importância de vacinação
Doutor Hércules, presidente da Comissão de Saúde, alertou que a baixa cobertura vacinal causa risco de a paralisia infantil retornar ao país
Cultura debate incentivo à literatura infantil
A escritora Joana Herkenhoff apresentou sua primeira obra infantil e cobrou melhoria das políticas públicas de fomento ao setor 
Reunião de Segurança tem cobranças ao governo
Bahiense pediu força-tarefa para investigar desaparecimento de policial, enquanto Assumção cobrou instalação de lombada em estrada