Deputados conhecem pesquisa sobre Iases

Segundo estudo apresentado pela Sedu, 43% dos socioeducandos não recebem educação por parte do Estado dentro das unidades

Por Márcia Tourinho

Comissão de Educação
Titulares da SEDH e do Iaeses foram convocados para a próxima reunião / Foto: Tati Beling

A educação dos internos do Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) foi tema da Comissão de Educação nesta segunda-feira (20). O colegiado recebeu a gerente de Educação, Juventude e Diversidade da Secretaria de Estado de Educação (Sedu), Sandra Renata Muniz. O diretor-presidente do Iases, Bruno Pereira, era esperado, mas não compareceu.

- Veja mais fotos da reunião

O questionamento do colegiado se baseou na pesquisa realizada pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), que mostra que 43% dos internos do Iases não recebem educação por parte do Estado.

Para a gerente Sandra Renata Muniz, a Sedu trabalha conforme a Portaria Estadual 1/2017, que regulamenta a educação nos espaços socioeducativos, oferecendo professores capacitados, material didático e pedagogos.

Conforme disse, a pasta depende da manifestação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos (SEDH), responsável pelo Iases, sobre existência de espaço e quantidade de alunos a serem atendidos, além da garantia de segurança dos profissionais. “Quando há necessidade, trabalhamos com turmas multisseriadas, de forma a conseguir atender às necessidades demandadas”, esclareceu Sandra.

O deputado Sergio Majeski (PSB) considerou importante a pesquisa do IJSN, mas avaliou que os resultados não constituem novidade. “O Espírito Santo conta com mis de 60 mil alunos fora da sala de aula e as escolas sucateadas. Se considerarmos que 73% os internos já estavam fora da escola quando acolhidos, já é indicativo de falhas não só na oferta de vagas, mas também nas políticas para manter o aluno em sala de aula”.

O socialista também lembrou que as políticas devem contemplar não só a educação, mas também atividades para que os adolescentes saiam das unidades socioeducativas melhores do que entraram e recebam acompanhamento socioeducativo após o alvará de desinternação.

A comissão deliberou para a próxima reunião a convocação da titular da pasta estadual de Direitos Humanos, Nara Borgo, e do diretor-presidente do Iases, Bruno Pereira, para esclarecimentos acerca dos resultados apontados na pesquisa do IJSN.

Saiba mais sobre os tipos de proposição
PEC, projeto de lei, projeto de resolução. Essas são algumas das proposições que tramitam na Ales. Veja a diferença entre elas e em quais situações se aplicam
Covid: projeto cria data para lembrar vítimas
Objetivo é recordar as mortes e prestar solidariedade às pessoas que convivem com as sequelas da doença
PL cria política para estudante com epilepsia
Medida de Renzo Vasconcelos visa permitir que pessoas com essa condição recebam o acompanhamento educacional adequado
PL garante alimento a estudantes nas férias
Itens da merenda escolar deverão ser entregues na forma de cesta básica, prevê projeto
Saiba mais sobre os tipos de proposição
PEC, projeto de lei, projeto de resolução. Essas são algumas das proposições que tramitam na Ales. Veja a diferença entre elas e em quais situações se aplicam
Covid: projeto cria data para lembrar vítimas
Objetivo é recordar as mortes e prestar solidariedade às pessoas que convivem com as sequelas da doença
PL cria política para estudante com epilepsia
Medida de Renzo Vasconcelos visa permitir que pessoas com essa condição recebam o acompanhamento educacional adequado