Aprovada isenção para CNH de motorista profissional desempregado

Projeto do deputado Alexandre Xambinho foi analisado em sessão extraordinária nesta terça-feira (8). Isenção da taxa de renovação seria para profissional há mais de seis meses sem trabalho

Por Aldo Aldesco

Alexandre Xambinho
Matéria aprovada é do deputado Alexandre Xambinho / Foto: Tati Beling

O motorista profissional desempregado há mais de seis meses e com domicílio e registro de sua carteira nacional de habilitação (CNH) no Espírito Santo poderá ter isenção das taxas de renovação de sua habilitação. Os deputados estaduais aprovaram durante sessão extraordinária desta terça-feira (8) o Projeto de Lei (PL) 648/2019, do deputado Alexandre Xambinho (Rede), que condiciona ainda o benefício àquele que possui habilitação profissional apta para exercer atividade remunerada.

A matéria tramitava em regime de urgência e foi analisada pelas comissões de Justiça e Finanças. Agora a proposta segue para sanção ou veto do Governador do Estado.

Na justificativa do projeto, o deputado argumenta que, diante dos altos índices de desemprego, a matéria objetiva proporcionar facilidades ao desempregado. “Das poucas vagas de emprego ofertadas no Espírito Santo, parte delas exige como requisito a necessidade de condutores profissionais habilitados”.

Nos campos de Ecoporanga a luta continua
Mudança de tática do movimento camponês e novo massacre na região do Contestado capixaba
Matéria altera comando da Escola do Legislativo
Hoje, presidência da escola cabe ao 1º secretário; proposta é que qualquer deputado indicado pela Mesa Diretora possa assumir o cargo 
Cirurgia reparadora em mulheres é objeto de PL
Raquel defende adoção de protocolo específico na rede pública para garantir a prioridade do procedimento em vítimas de violência
Especialistas defendem investimentos em saúde mental
Para psiquiatras, prevenção ao suicídio requer acompanhamento especializado e investimentos em rede de assistência
Nos campos de Ecoporanga a luta continua
Mudança de tática do movimento camponês e novo massacre na região do Contestado capixaba
Matéria altera comando da Escola do Legislativo
Hoje, presidência da escola cabe ao 1º secretário; proposta é que qualquer deputado indicado pela Mesa Diretora possa assumir o cargo 
Cirurgia reparadora em mulheres é objeto de PL
Raquel defende adoção de protocolo específico na rede pública para garantir a prioridade do procedimento em vítimas de violência
Não há notícias referenciadas.