PL exige exibição de alvarás de prédio público

Segundo proposta, documentação comprovando atendimento a normas de segurança deve  ser afixada na entrada principal das edificações 

Por Márcia Tourinho

Gandini
Projeto de Gandini deve ser analisado pelas comissões de Justiça e Finanças / Foto: Tati Beling

O Projeto de Lei (PL) 879/2019 quer tornar obrigatória a afixação, na entrada principal dos edifícios públicos, de todos os documentos e alvarás que comprovem que estão dentro das normas de segurança de uso e de funcionamento. A iniciativa é do deputado Gandini (Cidadania).

Na justificativa, a proposta cita que a legislação obriga os prédios com repartições públicas a apresentar alvarás e licenciamentos emitidos por diversos órgãos fiscalizadores. No entanto, sem cumprir a legislação, muitos órgãos colocam em risco servidores e usuários que frequentam as repartições, segundo Gandini.

Se virar lei, o projeto prevê prazos máximos para o cumprimento das novas normas. Os prédios existentes, em funcionamento, terão 60 dias a contar da data da publicação da norma para adequação. Já novas edificações ou as que estiverem em reformas terão 30 dias para providências.

Tramitação

A matéria deve ser analisada pelas comissões de Justiça e de Finanças da Casa.
 

Deputados: Gandini
Vacina: Deputada quer prioridade para jornalistas
Janete de Sá protocolou indicação ao governo sugerindo a imunização prioritária de profissionais de imprensa
Lei: Facas expostas à venda devem estar protegidas
Lei de autoria de Torino Marques obriga estabelecimentos a manter facas, canivetes, estiletes e facões em compartimentos protegidos por vidro ou acrílico
Presidente do Sindilegis morre vítima de Covid
Gildo Gomes estava internado desde 21 de março e faleceu na manhã desta sexta em decorrência de complicações da doença
Ales recebe 300 cestas de alimentos em 1º dia de campanha
Oferta feita por um grupo de empresas foi entregue pela Findes e será destinada a entidades que atendem a pessoas em vulnerabilidade social
Vacina: Deputada quer prioridade para jornalistas
Janete de Sá protocolou indicação ao governo sugerindo a imunização prioritária de profissionais de imprensa
Lei: Facas expostas à venda devem estar protegidas
Lei de autoria de Torino Marques obriga estabelecimentos a manter facas, canivetes, estiletes e facões em compartimentos protegidos por vidro ou acrílico
Presidente do Sindilegis morre vítima de Covid
Gildo Gomes estava internado desde 21 de março e faleceu na manhã desta sexta em decorrência de complicações da doença