50 anos do Santa Rita são celebrados na Ales

Solene reconheceu trabalhos prestados pelo hospital referência em tratamento oncológico e entidades sem fins lucrativos

Por Nicolle Expósito

Sessão solene
Os esforços de Ylza e seu marido, o oncologista Affonso Bianco, foram lembrados no evento / Foto: Tati Beling

Mais de 15 mil atendimentos entre consultas, cirurgias e internações são realizados por mês no Hospital Santa Rita. Fundada em 31 de março de 1970, a entidade filantrópica é referência em atendimento oncológico no Espírito Santo. A trajetória de 50 anos foi reconhecida em sessão solene promovida pela Assembleia Legislativa (Ales) na noite desta quarta-feira (11). Personalidades e organizações do terceiro setor também tiveram sua atuação enaltecida com a comenda Ylza Bianco.

Os esforços de Ylza e seu marido, o oncologista Affonso Bianco, para fundar o hospital, que nasceu com o intuito de atender pacientes carentes com diagnóstico de câncer, foram rememorados na solenidade.

“Cinquenta anos atrás esse casal já pensava em ajudar o próximo”, lembrou o proponente da sessão, deputado Doutor Hércules (PMDB), também autor da Resolução 5.997/2019 que criou a comenda destinada a personalidades e entidades destacadas no terceiro setor.

O parlamentar resgatou o trabalho do médico Affonso Bianco na assistência a pacientes com câncer na Santa Casa de Misericórdia de Vitória, única instituição que oferecia tratamento oncológico naquela época. Ainda esclareceu que o Hospital Santa Rita foi criado por meio da Associação Feminina de Educação e Combate ao Câncer (Afecc), fundada anos antes, em 28 de abril de 1952, com esforços de dona Ylza e amigas.

Doutor Hércules destacou a importância do terceiro setor para a economia. “O terceiro setor movimenta hoje 5% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro. Se fosse uma nação seria a oitava economia do mundo e boa parte do trabalho é feito por voluntários”.  O terceiro setor é formado por organizações de iniciativa privada, sem fins lucrativos, que exercem atividades de caráter público.

O deputado Renzo Vasconcelos (Progressistas) lembrou que o Santa Rita começou seu trabalho em uma época em que os hospitais filantrópicos eram tratados com descrédito e considerou a relevância do terceiro setor para a área. “Sem os filantrópicos a saúde do estado do Espírito Santo entra em caos”.

Já a vice-governadora, Jaqueline Moraes (PSB), anunciou ações do Executivo para fortalecer a atuação das entidades sem fins lucrativos. Uma delas é o decreto assinado pelo governador Renato Casagrande (PSB) nesta quarta-feira (11) que isenta entidades beneficentes do ES do ICMS tanto ao receberem doação de produtos quanto na hora da revenda em feiras e bazares. Outra é o projeto de lei para criação do Programa Nota Premiada Capixaba, que sorteará prêmios semanais, mensais e um especial anual, contemplando contribuintes e entidades beneficentes.

“O Santa Rita é um grande hospital escola”, reconheceu o subsecretário de Estado de Planejamento e Transparência da Saúde, Tadeu Marino, ao lembrar que a entidade também ajuda na formação de muitos profissionais. Marino também disse que a Secretaria de Saúde (Sesa) vem priorizando os filantrópicos em seu novo projeto estruturante.

Santa Rita

Apesar de referência em tratamento de câncer no Estado, o Santa Rita atende mais de 35 especialidades, conta com 252 leitos e cerca de 1.900 colaboradores. Além de pacientes daqui também recebe grande demanda do sul da Bahia, leste de Minas Gerais e norte do Rio de Janeiro. Mais de 80% dos atendimentos de oncologia são para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Os dados foram apresentados pela presidente da Afecc, Marilúcia Silva Dalla. “A criação do Hospital Santa Rita veio para complementar e ampliar as atividades da Afecc, criada para acolher e dar assistência aos pacientes com pouca ou nenhuma condição financeira de arcar com o tratamento de câncer”, disse.

A Afecc é a mantenedora do Hospital Santa Rita e desenvolve mais de 20 projetos sociais de assistência à recuperação dos pacientes, como entrega de fraldas geriátricas, alimentação específica para os pacientes e vale transporte, entre outros.

Filantrópicos

O Santa Rita faz parte de uma rede de 38 hospitais filantrópicos do estado. A atuação das entidades foi mostrada pelo presidente da Federação dos Hospitais Filantrópicos do Espírito Santo (Fehofes), Fabrício Gaeede. Segundo ele, essas entidades representam cerca de 70% de toda cobertura hospitalar capixaba, dispõem de 3.269 leitos, 70% deles destinados ao SUS.

Motivação

Em nome das entidades e pessoas homenageadas, o presidente da Associação Evangélica Beneficente Espírito-Santense (Aebes), Alexander Mendes, falou sobre a satisfação em receber a comenda. “Essa comenda serve pra motivar a nós mesmos e outras pessoas a se juntarem a nós para fazer a obra que Deus nos mandou fazer. Uma obra que está além de nós mesmos. Porque muitas vezes não temos a ideia do alcance uma mão estendida, um abraço caloroso, um aperto de mão, uma ajuda para aquele que necessita representa. Entendemos que é melhor dar do que receber”, disse.

Regras de pré-campanha e propaganda em debate
Curso de Direito Eleitoral apoiado pela Ales terá quarto módulo nesta sexta (29)
Pátio: fim de cobrança de imposto antes da retirada
Projeto excetua, contudo, valores devidos pelo serviço de remoção ou referentes às diárias
PL quer prevenir uso de drogas nas universidades
Medida destinada a instituições públicas prevê elaboração de programas de prevenção com participação de professores e estudantes
Chuvas: inscrição no CadÚnico tem prazo prorrogado
Projeto foi aprovado durante reunião virtual ordinária desta quarta (27)
Regras de pré-campanha e propaganda em debate
Curso de Direito Eleitoral apoiado pela Ales terá quarto módulo nesta sexta (29)
Pátio: fim de cobrança de imposto antes da retirada
Projeto excetua, contudo, valores devidos pelo serviço de remoção ou referentes às diárias
PL quer prevenir uso de drogas nas universidades
Medida destinada a instituições públicas prevê elaboração de programas de prevenção com participação de professores e estudantes