Assumção quer preços em braile nos supermercados

Projeto de lei deverá passar pelas comissões de Justiça, Defesa do Consumidor e Finanças, antes de ser apreciado pelo Plenário

Por Kissila Mel

Compras em supermercado
Objetivo da proposta é garantir a acessibilidade  / Foto: Divulgação

Projeto em tramitação na Assembleia Legislativa (Ales) obriga supermercados e estabelecimentos congêneres a discriminarem os preços dos produtos também em etiquetas em braile. O objetivo do PL 118/2020 do deputado Capitão Assumção (Patriota) é garantir a acessibilidade e proteger os direitos humanos dos deficientes visuais.

De acordo com a iniciativa, o estabelecimento que descumprir ficará sujeito às seguintes penalidades: advertência e multa entre R$ 700,00 e R$ 1.050,00. Em caso de reincidência, a multa será duplicada.  

“Os deficientes visuais, na maioria das vezes, recorrem ao auxílio de terceiros para que possam identificar os produtos e seus preços em supermercados e outros estabelecimentos comerciais, quando, na verdade, mereceriam um tratamento mais digno por parte desses comerciantes e de toda a sociedade”, defendeu Assumção na justificativa do projeto.

Se a iniciativa virar lei, entrará em vigor 120 dias após a sua publicação em diário oficial. 

Tramitação 

O PL 118/2020 deve passar pelas comissões de Justiça, Defesa do Consumidor e de Finanças, antes de ser votado pelo Plenário da Casa.

Bolsonaro é o preferido dos capixabas
O atual presidente obteve 52,23% dos votos computados contra 40,40% do ex-presidente Lula no estado; os dois vão disputar o segundo turno
Magno Malta é eleito para 3º mandato no Senado
Eleito com 41,95% dos votos válidos, Malta retorna ao Congresso nacional para representar o estado por oito anos
Câmara Federal tem cinco estreantes
Das 10 vagas reservadas ao Espírito Santo, cinco vão ser ocupadas por candidatos que nunca foram deputados federais
Meneguelli é o deputado mais votado da história
Ex-prefeito e ex-vereador de Colatina, Sérgio Meneguelli obteve 138.523 votos, superando a marca de Guerino Zanon, de 2006
Bolsonaro é o preferido dos capixabas
O atual presidente obteve 52,23% dos votos computados contra 40,40% do ex-presidente Lula no estado; os dois vão disputar o segundo turno
Magno Malta é eleito para 3º mandato no Senado
Eleito com 41,95% dos votos válidos, Malta retorna ao Congresso nacional para representar o estado por oito anos
Câmara Federal tem cinco estreantes
Das 10 vagas reservadas ao Espírito Santo, cinco vão ser ocupadas por candidatos que nunca foram deputados federais
Não há notícias referenciadas.