Lamas propõe cadastro online para área rural

Proposta é reunir dados de trabalhadores e produtores rurais, abrangendo as áreas de agricultura, pecuária, silvicultura, extrativismo sustentável e aquicultura

Por Silvia Magna

Produtor rural
Para comercializar produtos na Ceasa, hoje é preciso ir até lá pra fazer o cadastro / Foto: Ariel Fernandes

Começou a tramitar na Assembleia Legislativa (Ales) projeto de lei (PL) que cria o Cadastro Estadual Online de Produtores e Trabalhadores Rurais, voltado para pessoas físicas e jurídicas que vivem da exploração da terra para fins econômicos ou de subsistência. O PL 357/2020 é de autoria de Bruno Lamas (PSB). 

O objetivo é reunir informações de todos os envolvidos no ciclo produtivo, abrangendo as áreas de agricultura, pecuária, silvicultura, extrativismo sustentável, aquicultura, além de atividades não-agrícolas.

“É uma medida essencial para o homem do campo, tendo em vista os avanços tecnológicos que permitem ao cidadão gozar de seus direitos à distância, sem precisar fazer deslocamentos desnecessários, que demandam tempo precioso para o indivíduo, que vive em seus ciclos produtivos. Além disso, o vertiginoso crescimento da curva de contágio do Covid 19 no Estado torna essencial a criação do cadastro”, justifica o parlamentar. 

Bruno Lamas ressalta a importância de o produtor se cadastrar: a medida lhe permite comercializar os produtos na Central de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa-ES) e usufruir, assim, de assistência técnica oferecida por profissionais no local. Atualmente, para efetuar o cadastro do produtor, é preciso deslocar-se até a Ceasa, localizada no município de Cariacica.

Tramitação 

O PL 357/2020 foi protocolado no dia 19 de junho e encaminhado para análise das comissões de Constituição e Justiça, de Agricultura e de Finanças. Caso seja aprovada, a norma entrará em vigor na data de sua publicação em diário oficial. Caberá ao Executivo regulamentar a matéria. 

Deputados: Bruno Lamas
Vice-governadora avalia participação de mulheres na política
Em entrevista ao Portal Web Ales, Jaqueline Moraes falou sobre os desafios para superar a baixa representatividade feminina na política
Exigida divulgação de gratuidade em cartório
Torino quer maior visibilidade para lei federal que proíbe cobrança de valores no registro estatutário de associações de moradores 
Espaço para a imprensa capixaba na Ales
Projeto cria ambiente destinado à história da imprensa no Espírito Santo, com fotos e dados sobre revistas e jornais dos municípios
PL prorroga validade de licenças e alvarás
Objetivo é conceder mais 180 dias de prazo em virtude de dificuldades de renovação durante a pandemia
Vice-governadora avalia participação de mulheres na política
Em entrevista ao Portal Web Ales, Jaqueline Moraes falou sobre os desafios para superar a baixa representatividade feminina na política
Exigida divulgação de gratuidade em cartório
Torino quer maior visibilidade para lei federal que proíbe cobrança de valores no registro estatutário de associações de moradores 
Espaço para a imprensa capixaba na Ales
Projeto cria ambiente destinado à história da imprensa no Espírito Santo, com fotos e dados sobre revistas e jornais dos municípios