Educação debate possibilidade de retorno das aulas presenciais

Governo sinalizou possibilidade nos próximos meses; veja a agenda dos colegiados na próxima semana

Por Nicolle Expósito

sala de aula
Agenda das comissões / Foto: Freepik

A possível volta das aulas presenciais na rede estadual de ensino nos próximos meses será debatida pela Comissão de Educação na quarta-feira (1º), às 14 horas. O colegiado pretende ouvir representantes da pasta que trata da área no Executivo e segmentos envolvidos no assunto. 

Nos últimos dias a imprensa veiculou a sinalização do governo para a retomada das atividades em julho ou agosto. As aulas presenciais estão suspensas desde março, quando tiveram início as medidas de distanciamento social para evitar a propagação do novo coronavírus. No início de abril os alunos passaram a ter aulas remotas por meio da transmissão de videoaulas integrantes do Programar EscoLAR.

Saúde

O trabalho realizado pelas equipes que atuam em urgências e emergências é assunto da pauta da Comissão de Saúde, que se reúne na terça-feira (30), às 9 horas. Quem vai falar sobre o tema “A Frente de Trabalho nas Urgências e Emergências” é a médica intensivista Eliana Bernadete Caser.  A convidada também é coordenadora de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) de um hospital privado do Estado. 

No mesmo dia, às 13 horas, a Comissão de Justiça se reúne para analisar projetos protocolados na Casa. Na pauta constam 59 propostas de iniciativa parlamentar, a maior parte matérias que aguardam análise técnica, ou seja, parecer do relator acerca da constitucionalidade ou não da iniciativa. Caso recebam parecer favorável os projetos seguem a tramitação pelos demais colegiados.

Confira a agenda:

Terça-feira (30):
9h – Comissão de Saúde
13h – Comissão de Justiça

Quarta-feira (1º):
14h – Comissão de Educação

CPI dos Maus-Tratos apura denúncia de zoofilia
Homem em situação de rua estaria maltratando cadela e dois filhotes em Vila Velha
Nos campos de Ecoporanga a luta continua
Mudança de tática do movimento camponês e novo massacre na região do Contestado capixaba
Caparaó reivindica mais segurança rural
População da região quer uma torre de telefonia para facilitar a comunicação, mais policiais, infraestrutura e reformas em delegacias
Matéria altera comando da Escola do Legislativo
Hoje, presidência da escola cabe ao 1º secretário; proposta é que qualquer deputado indicado pela Mesa Diretora possa assumir o cargo 
CPI dos Maus-Tratos apura denúncia de zoofilia
Homem em situação de rua estaria maltratando cadela e dois filhotes em Vila Velha
Nos campos de Ecoporanga a luta continua
Mudança de tática do movimento camponês e novo massacre na região do Contestado capixaba
Caparaó reivindica mais segurança rural
População da região quer uma torre de telefonia para facilitar a comunicação, mais policiais, infraestrutura e reformas em delegacias
Não há notícias referenciadas.