Lei: fatura deverá informar sobre velocidade de internet

Norma entra em vigor em 60 dias e obriga prestadora de serviço a enviar gráficos com registro médio diário da velocidade no tráfego de dados 

Por Redação Web Ales | Atualizado há 1 ano

Modem com entrada para cabo
Lei estabelece multas para os infratores / Foto: Divulgação

Os clientes de internet móvel e banda larga terão melhor controle sobre o serviço prestado pelas operadoras. A Lei 11.201/2020 - publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (26) - obriga as empresas a apresentarem ao consumidor, na fatura mensal, gráficos que demonstrem o registro médio diário da velocidade entregue para recebimento e envio de dados por meio da rede mundial de computadores. A norma, de autoria do deputado Deputado Lorenzo Pazolini (Republicanos), entra em vigor em 60 dias. 

Segundo a nova lei, para efeito aferimento da média de velocidade não deverá ser considerado o período entre zero hora e 8 horas. Serão dois gráficos, um sobre recebimento de dados e outro sobre envio deles. 

As empresas que descumprirem a norma estarão sujeitas às sanções previstas no Código de Defesa do Consumidor (Lei Federal 8.078/1990). A lei estabelece aos infratores multa que varia entre R$ 14 mil e R$ 52,6 mil, tendo como parâmetro para cálculo o Valor de Referência do Tesouro Estadual (VRTE). 

Calendário de eventos

Com a sanção de três leis, novos eventos passam a compor o calendário estadual, consolidado pela Lei 10.973/2019, que reúne dias, semanas e outras datas comemorativas relacionadas a assuntos de interesse público. 

A Lei 11.203/2020 institui a Semana Estadual de Conscientização do Uso Saudável das Tecnologias Digitais, Internet e Mídias Sociais, a ser celebrada, anualmente, na semana que corresponde a 10 de outubro (Dia Mundial da Saúde Mental). A iniciativa é de Carlos Von (Avante)

A Lei 11.204/2020 cria, no Espírito Santo, o Agosto Lilás, mês dedicado à conscientização e às ações de prevenção e erradicação da violência contra a mulher. A norma é de autoria de Janete de Sá (PMN). Por fim, a Lei 11.200, do Capitão Assumção (Patri), institui o Dia Estadual da Oração, a ser comemorado, anualmente, na primeira sexta-feira do mês de março. 
 

 

Plenário faz extra para votar remuneração de professor
Também na pauta estão outros dois projetos do Executivo, sobre limite de municípios e atuação da Procuradoria-Geral do Estado junto à Junta Comercial
Servidoras da segurança são homenageadas
Mulheres que trabalham nas polícias Civil e Militar e no Corpo de Bombeiros receberam homenagem em sessão solene
Magistério deve ter nova tabela remuneratória
Proposta do Executivo também traz mudanças na lei que trata da progressão de profissionais da educação
Fundo Cidades: Ales sinaliza apoio a municípios
Para o vice-presidente da Amunes, prefeito Luciano Pingo, repasse fundo a fundo torna mais rápida transferência de recursos necessários para demandas municipais
Plenário faz extra para votar remuneração de professor
Também na pauta estão outros dois projetos do Executivo, sobre limite de municípios e atuação da Procuradoria-Geral do Estado junto à Junta Comercial
Servidoras da segurança são homenageadas
Mulheres que trabalham nas polícias Civil e Militar e no Corpo de Bombeiros receberam homenagem em sessão solene
Magistério deve ter nova tabela remuneratória
Proposta do Executivo também traz mudanças na lei que trata da progressão de profissionais da educação