PL amplia idade para ingresso nas polícias

Proposta de Luciano Machado prevê idade limite de 32 anos para ingresso nas Polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros do ES

Por João Caetano Vargas, com edição de Nicolle Expósito

Soldados em pé em pátio aberto
Luciano diz que estados como Minas Gerais e Rio de Janeiro já adotam a idade limite de 32 anos / Foto: Site da PMES

Para ingressar nas Polícias Militar (PMES), Civil (PCES) ou no Corpo de Bombeiros do Espírito Santo (CBMES), o cidadão precisa, entre outros requisitos, ter entre 18 e 28 anos de idade. Tramita na Assembleia Legislativa (Ales) proposta que pode aumentar para 32 anos a idade máxima para o ingresso nessas instituições. A iniciativa é do deputado Luciano Machado (PV), por meio do Projeto de Lei (PL) 236/2021.

“A presente proposição tem como objetivo principal alterar a idade máxima para ingressar na Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Militar no Estado do Espírito Santo, visto que a expectativa de vida do brasileiro vem crescendo consideravelmente nos últimos tempos, tornando esta medida urgente e necessária”, justifica o deputado na proposição.

Em alguns estados como Minas Gerais, Piauí e Rio de Janeiro essa mudança foi aprovada e já é lei. “Tal medida se faz extremamente pertinente e necessária para impedir a ocorrência de injustiças por parte da Administração Pública que inviabilizam, por conta da idade, o acesso a cargos públicos a milhares de candidatos que almejam integrar os quadros das Polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros Militar no Estado do Espírito Santo”, conclui o parlamentar.

Tramitação

O PL foi lido na sessão ordinária do dia 8 de junho e encaminhado para análise de quatro colegiados da Casa: Justiça, Cidadania, Segurança e Finanças.
 

Deputados: Luciano Machado
Plenário faz extra para votar remuneração de professor
Também na pauta estão outros dois projetos do Executivo, sobre limite de municípios e atuação da Procuradoria-Geral do Estado junto à Junta Comercial
Servidoras da segurança são homenageadas
Mulheres que trabalham nas polícias Civil e Militar e no Corpo de Bombeiros receberam homenagem em sessão solene
Magistério deve ter nova tabela remuneratória
Proposta do Executivo também traz mudanças na lei que trata da progressão de profissionais da educação
Fundo Cidades: Ales sinaliza apoio a municípios
Para o vice-presidente da Amunes, prefeito Luciano Pingo, repasse fundo a fundo torna mais rápida transferência de recursos necessários para demandas municipais
Plenário faz extra para votar remuneração de professor
Também na pauta estão outros dois projetos do Executivo, sobre limite de municípios e atuação da Procuradoria-Geral do Estado junto à Junta Comercial
Servidoras da segurança são homenageadas
Mulheres que trabalham nas polícias Civil e Militar e no Corpo de Bombeiros receberam homenagem em sessão solene
Magistério deve ter nova tabela remuneratória
Proposta do Executivo também traz mudanças na lei que trata da progressão de profissionais da educação