Segurança: salários de servidores em pauta

Frente parlamentar criada na Assembleia busca valorização remuneratória de profissionais da área

Por Aldo Aldesco, com edição de Nicolle Expósito | Atualizado há 3 meses

Deputado Delegado Danilo Bahiense
Criação de frente foi proposta pelo deputado Delegado Danilo Bahiense / Foto: PMES (capa)/ Lucas S. Costa (interna)

Os bombeiros, policiais civis, penais e militares da segurança pública do Espírito Santo terão suas remunerações debatidas na Assembleia Legislativa (Ales). A Mesa Diretora, por meio do Ato 2.198, publicado no Diário do Poder Legislativo desta terça-feira (26) , autorizou a formação da Frente Parlamentar de Valorização Salarial de Policiais e Bombeiros.

A proposição do colegiado é do deputado Delegado Danilo Bahiense (PL) e teve, inicialmente, a adesão de outros nove parlamentares, mas pode ainda aumentar a sua composição. 

O objetivo da frente parlamentar é debater e identificar mecanismos, propostas e ações voltadas para a valorização salarial das forças de segurança do Estado.

De acordo com o deputado Delegado Danilo Bahiense, que encabeçou a iniciativa da frente parlamentar, o fato de o servidor da segurança ser mal remunerado, faz com que ele vá buscar melhores salários em outros estados.

“O Sindiperitos, por meio de suas análises, diz que a categoria de perito oficial criminal tem o pior salário do Brasil. Já pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública, esses policiais civis têm o quarto pior vencimento inicial no País, perdendo somente para Sergipe (1º), Ceará (2º) e São Paulo (3º)”, enumera o deputado.

Bahiense promete bastante trabalho na busca de melhorias para os cerca de 13 mil servidores efetivos ativos das diversas corporações que vêm sofrendo injustiças através do tempo. “No nosso pedido de abertura da Frente Parlamentar, mostramos ainda o levantamento do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo. De acordo com a pesquisa, os delegados do Espírito Santo têm a segunda pior remuneração no Brasil”, compara.

Bahiense vai presidr o colegiado, que terá Capitão Assumção (PL) como secretário-executivo.  

Pólio: deputado destaca importância de vacinação
Doutor Hércules, presidente da Comissão de Saúde, alertou que a baixa cobertura vacinal causa risco de a paralisia infantil retornar ao país
Cultura debate incentivo à literatura infantil
A escritora Joana Herkenhoff apresentou sua primeira obra infantil e cobrou melhoria das políticas públicas de fomento ao setor 
Reunião de Segurança tem cobranças ao governo
Bahiense pediu força-tarefa para investigar desaparecimento de policial, enquanto Assumção cobrou instalação de lombada em estrada
Atendimento a paciente queimado em pauta
Projeto Fênix, que atua na reabilitação de pessoas que sofreram queimaduras, será apresentado na Comissão de Saúde
Pólio: deputado destaca importância de vacinação
Doutor Hércules, presidente da Comissão de Saúde, alertou que a baixa cobertura vacinal causa risco de a paralisia infantil retornar ao país
Cultura debate incentivo à literatura infantil
A escritora Joana Herkenhoff apresentou sua primeira obra infantil e cobrou melhoria das políticas públicas de fomento ao setor 
Reunião de Segurança tem cobranças ao governo
Bahiense pediu força-tarefa para investigar desaparecimento de policial, enquanto Assumção cobrou instalação de lombada em estrada