Doutor Hércules cobra apoio para albinos

Deputado apontou dificuldades enfrentadas pelas pessoas que têm o distúrbio genético responsável por afetar total ou parcialmente a produção de melanina

Por Wanderley Araújo, com edição de Nicolle Expósito

Deputado Doutor Hércules fala na tribuna do plenário
Doutor Hércules pediu que distribuição de filtro solar para albinos passe a ser lei no estado / Foto: Lucas S. Costa

O presidente da Comissão de Saúde, deputado Doutor Hércules (Patri), em discurso na sessão ordinária desta segunda-feira (13) chamou atenção para as dificuldades enfrentadas pelas pessoas albinas em todo o país devido à desordem genética que provoca a ausência total ou parcial de melanina.

A melanina é o pigmento responsável pela coloração da pele, dos pelos e dos olhos, sendo que as pessoas que sofrem com o distúrbio e ficam muito tempo expostas sem proteção à luz solar podem contrair câncer e até cegueira da visão. 

Fotos da sessão ordinária

Ao falar sobre o assunto, Doutor Hércules citou que 13 de junho é o Dia Estadual de Conscientização sobre o Albinismo, conforme a Lei 11.444/2021, de autoria dele. O objetivo da iniciativa é dar maior visibilidade para esse tipo de distúrbio e a necessidade de mais apoio do poder público para a causa dos albinos.  

O deputado defendeu aprovação do Projeto de Lei (PL) 560/2020, de autoria da Comissão de Saúde, em tramitação na Casa (no momento em análise pela Comissão de Justiça), que determina aos postos de saúde distribuir protetores solares às pessoas com esse tipo de condição genética.  A matéria obriga a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) a ofertar mensalmente às pessoas albinas protetores e bloqueadores solares compatíveis com a necessidade especificada por especialistas da área médica.    

Doutor Hércules acrescentou que, além de protetor solar, o governo deveria também fornecer óculos solares para os albinos, já que a falta da proteção para os olhos pode causar cegueira. “Conheço um albino que só tem 10% da visão devido à incapacidade financeira que ele teve no sentido de comprar óculos para proteger as vistas”, relatou. 

O deputado disse ainda que já apelou no âmbito da Sesa para que os professores da rede estadual de ensino sejam orientados a não deixar alunos com albinismo sentados perto de janelas nas salas de aula. Segundo Doutor Hércules, o sol e a claridade são inimigos dos albinos. Ele exemplificou que a visão de um estudante com esse distúrbio pode ser afetada caso fique sentado próximo à janela em sala de aula, acarretando em prejuízos na aprendizagem.

Entenda mais 

Conforme informações do Portal do Ministério da Saúde há graus diferentes de albinismo. Um deles é o albinismo óculo-cutâneo que afeta a pele, cabelos e olhos; o principal problema para a pele é a exposição ao sol, que provoca queimaduras.

Se a exposição for diária e prolongada, com o passar do tempo podem surgir lesões muito graves, inclusive câncer de pele. Poucos minutos ao sol, sem proteção, podem provocar queimaduras de 2º e 3º graus na pele de pessoas albinas. Em países tropicais, onde o sol está presente em todas as estações do ano, o uso de bloqueadores solares é imprescindível.

Quando o albinismo afeta unicamente os olhos, geralmente vem acompanhado de astigmatismo e hipermetropia, movimento irregular do olho, estrabismo e fotofobia (sensibilidade à luz).

Pessoas com o distúrbio na produção da melanina devem iniciar o acompanhamento por profissionais de saúde assim que o problema for detectado. 

A terapia visual prevenirá problemas nos olhos e na visão, proporcionando o desenvolvimento necessário para as atividades escolares, trabalho e lazer.

Avicultura

Já a presidente do colegiado de Agricultura, deputada Janete de Sá (PSB), destacou que nos dias 8 e 9 de junho foi realizada em Venda Nova do Imigrante a 6ª Feira de Avicultura e Suinocultura Capixaba (Favesu) – o maior evento do gênero no estado.   

Ela pontuou que a avicultura é uma atividade de grande importância na economia do Espírito Santo e os investimentos em tecnologia de ponta têm resultado em produtos de alta qualidade, inserindo esse setor da economia nas exportações brasileiras. 

A deputada citou como exemplo que o município de Santa Maria de Jetibá é o maior produtor de ovos do país, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A produção supera mensalmente mais de 1 milhão e 200 mil caixas com 30 dúzias de ovos, sendo responsável por 95% da produção no estado. 

No caso do ovo de codorna o município tem participação de 100% nesta área do setor produtivo capixaba, sendo que mensalmente são mais de 100 mil caixas de 30 dúzias do alimento. 

De acordo com o relato da deputada, a produção de ovos, aliada à cadeia produtiva da avicultura, emprega cerca de 25 mil trabalhadores, além de gerar renda para mais de 100 mil famílias. 

No caso da suinocultura são gerados cerca de 4,5 mil empregos diretos envolvidos neste tipo de atividade.    

Comunidade debate obras de engordamento da Praia do Morro
O investimento previsto é de R$150 milhões e depende de aval do DER. A população questionou os riscos ambientais.
Reunião defende diversificação agrícola
Opinião foi defendida por convidados da Comissão de Direitos Humanos; participantes também levantaram a pauta da agroecologia para uma alimentação de qualidade
Adequação na LDO 2024 passa em Plenário
Matéria foi aprovada junto com outras três na tarde desta terça-feira; outros 11 projetos terminativos, já aprovados pela Comissão de Justiça, também constavam na pa...
Comissão aprova gratuidade em concurso para vítima de violência
Comissão de Justiça deu parecer favorável a projeto que estende benefício para mulher vítima de violência
Comunidade debate obras de engordamento da Praia do Morro
O investimento previsto é de R$150 milhões e depende de aval do DER. A população questionou os riscos ambientais.
Reunião defende diversificação agrícola
Opinião foi defendida por convidados da Comissão de Direitos Humanos; participantes também levantaram a pauta da agroecologia para uma alimentação de qualidade
Adequação na LDO 2024 passa em Plenário
Matéria foi aprovada junto com outras três na tarde desta terça-feira; outros 11 projetos terminativos, já aprovados pela Comissão de Justiça, também constavam na pa...
Política de Privacidade.

O Portal da Ales utiliza cookies para auxiliar na sua navegação. Ao utilizar este site, você concorda com a nossa política de monitoramento de cookies. Para mais informações, acesse a nossa Politica de Privacidade.

ACEITO E FECHAR