Juane Vaillant fala sobre contos no Dedo de Prosa

Autora de “O mundo de cá” é a entrevistada do programa Dedo de Prosa inédito que vai ao ar nesta sexta-feira (24)

Por Patrícia Bravin, com edição de Nicolle Expósito

Patrícia Bravin e Juane Vaillant, sentadas lado a lado, conversam
Juane Vaillant conversa com a jornalista Patrícia Bravin sobre produção literária e outros projetos / Foto: Ellen Campanharo

Formada em Rádio e TV, escritora, roteirista e produtora cultural, Juane Vaillant é a entrevistada da vez do Dedo de Prosa, programa da TV Assembleia que prestigia a literatura capixaba. A edição inédita vai ao ar nesta sexta-feira (24), às 13 horas, com reprise às 18h30, 21 horas e 23h15.

Apesar do pouco tempo de carreira, Juane já tem uma boa bagagem de experiências. A jovem escritora toma a oralidade como ponto de partida de suas produções. Sempre gostou de contar histórias para os familiares, além de atuar como roteirista de cinema.

Vaillant participou de curtas-metragens capixabas como “O Espelho”, “A Febre”, “Da curva pra cá”, “Inabitáveis”, “90 rounds” e o longa “Os Primeiros Soldados”. Juane também faz parte do coletivo literário Boas de Prosa e é apresentadora e produtora no canal do YouTube “Vai Vendo”.

O mundo de cá

As primeiras experiências literárias de Juane foram publicadas em coletâneas. O livro de estreia solo, “O mundo de cá”, publicado pela Editora Pedregulho, traz 15 contos fantásticos, que passeiam entre o real e o imaginário, com uma boa pitada de aventuras e suspense.

Militância e ativismo

Autodeclarada negra, Juane milita contra o racismo na literatura. O bate papo com ela revela o quanto a escritora tem pautado o assunto por onde passa. Ela lembra que, para a mulher negra, sempre sobra o papel de cuidar de alguém da própria família ou como meio de vida, e que isso afasta ou retarda a participação desse público nas letras. “Geralmente elas não conseguem publicar sozinhas e, em geral, passam a vida participando de coletâneas. A própria [Conceição] Evaristo, que é minha referência, começou a publicar somente na terceira idade”, explica.

Acompanhe

Com imagens de Guga Prates e Alexandre Galvêas, produção de Fabienne Costa e apresentação de Patrícia Bravin, a entrevista com Juane Vaillant vai ao ar pela TV Assembleia nos seguintes canais, na Grande Vitória: 3.2 (aberto e digital); 319.2 (GVT); 12 (NET); 23 (RCA) e 519.2 (Sky). Nos horários de exibição o programa também pode ser visto de qualquer lugar por meio do portal da Ales e canal da TV Assembleia no YouTube. Outras entrevistas estão disponíveis na playlist do programa
 

Pólio: deputado destaca importância de vacinação
Doutor Hércules, presidente da Comissão de Saúde, alertou que a baixa cobertura vacinal causa risco de a paralisia infantil retornar ao país
Cultura debate incentivo à literatura infantil
A escritora Joana Herkenhoff apresentou sua primeira obra infantil e cobrou melhoria das políticas públicas de fomento ao setor 
Reunião de Segurança tem cobranças ao governo
Bahiense pediu força-tarefa para investigar desaparecimento de policial, enquanto Assumção cobrou instalação de lombada em estrada
Atendimento a paciente queimado em pauta
Projeto Fênix, que atua na reabilitação de pessoas que sofreram queimaduras, será apresentado na Comissão de Saúde
Pólio: deputado destaca importância de vacinação
Doutor Hércules, presidente da Comissão de Saúde, alertou que a baixa cobertura vacinal causa risco de a paralisia infantil retornar ao país
Cultura debate incentivo à literatura infantil
A escritora Joana Herkenhoff apresentou sua primeira obra infantil e cobrou melhoria das políticas públicas de fomento ao setor 
Reunião de Segurança tem cobranças ao governo
Bahiense pediu força-tarefa para investigar desaparecimento de policial, enquanto Assumção cobrou instalação de lombada em estrada