PL obriga divulgar serviço de prevenção ao suicídio

Conforme proposta, estabelecimentos deverão afixar placas com informações sobre o Centro de Valorização da Vida

Por Titina Cardoso, com edição de Angèle Murad

Pessoa de costas usa telefone e na da mesa uma casinha e no telhado dela escrito CVV Como vai você?
Projeto traz lista de locais onde deverá ser feita a divulgação do serviço / Foto: Arquivo Assembleia Legislativa de Roraima

Um projeto de lei (PL 253/2022) em tramitação na Assembleia Legislativa (Ales) quer obrigar a afixação de placas de divulgação do Centro de Valorização da Vida (CVV), que oferece apoio emocional gratuito para prevenção ao suicídio. De acordo com o PL, os estabelecimentos deverão exibir placas em locais de fácil acesso e leitura com os dizeres: “Prevenção ao suicídio. Disque 188 Centro de Valorização da Vida”. 

Conforme o projeto, a divulgação do serviço passa a ser obrigatória nos seguintes estabelecimentos: hotéis, pensões, motéis, pousadas e outros que prestem serviços de hospedagem; bares, restaurantes, lanchonetes e similares; casas noturnas de qualquer natureza; clubes sociais e associações recreativas ou desportivas que promovam eventos com entrada paga; e agências de viagens, locais de transportes de massa e quaisquer tipo de terminais. 

Também estão incluídos os salões de beleza, academias de dança, ginástica e atividades correlatas; postos de serviço de autoatendimento, abastecimento de veículos e demais locais de acesso público; casas legislativas, fóruns judiciários, palácios e prefeituras; lojas de vendas de armas de fogo, explosivos, fogos de artifício, remédios manipulados e drogarias. A obrigatoriedade ainda deve ser estendida aos veículos destinados ao transporte público.

O descumprimento pode ocasionar em advertência e multa. Os valores arrecadados serão aplicados em programas de prevenção ao suicídio.

O autor do projeto, deputado Renzo Vasconcelos (PSC), ressalta que, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil figura em oitavo entre os países com maior número de suicídios, atrás de Índia, China, Estados Unidos, Rússia, Japão, Coreia do Sul e Paquistão. O projeto será apreciado pelas comissões de Justiça, Saúde e Finanças.

Deputados: Renzo Vasconcelos
Veto à matéria sobre ICMS encabeça pauta
Comissão de Justiça já emitiu parecer acatando veto total à proposta que prevê desempenho em meio ambiente como critério para partilha do ICMS aos municípios
Maior bancada na Ales será do Partido Liberal
Dos 30 deputados eleitos, cinco são do PL; em segundo lugar vem a bancada do Republicanos, com quatro integrantes
Bolsonaro é o preferido dos capixabas
O atual presidente obteve 52,23% dos votos computados contra 40,40% do ex-presidente Lula no estado; os dois vão disputar o segundo turno
Renovação de mais de 50% na Assembleia
A nova composição da Ales terá 16 novos parlamentares, já que 14 deputados foram reeleitos
Veto à matéria sobre ICMS encabeça pauta
Comissão de Justiça já emitiu parecer acatando veto total à proposta que prevê desempenho em meio ambiente como critério para partilha do ICMS aos municípios
Maior bancada na Ales será do Partido Liberal
Dos 30 deputados eleitos, cinco são do PL; em segundo lugar vem a bancada do Republicanos, com quatro integrantes
Bolsonaro é o preferido dos capixabas
O atual presidente obteve 52,23% dos votos computados contra 40,40% do ex-presidente Lula no estado; os dois vão disputar o segundo turno