Projeto bane diversidade sexual de grade escolar

Iniciativa de Capitão Assumção proíbe que escolas abordem tema em materiais didáticos de escolas públicas e privadas

Por Marcos Bonn, com edição de Angèle Murad

Crianças seguram livros abertos nas mãos
Proposta deve tramitar nas comissões de Justiça, Educação e Finanças / Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Materiais didáticos que abordem movimentos sobre diversidade sexual ficarão proibidos de integrar a grade curricular de escolas públicas e privadas, se o Projeto de Lei (PL) 255/2022 for aprovado na Assembleia Legislativa e virar lei. A proibição apresentada pela medida também se estende a temas que façam referência a preferências sexuais. A iniciativa é do deputado Capitão Assumção (PL).

Caso o disposto na iniciativa parlamentar seja desrespeitado, a instituição infratora poderá sofrer sanções que incluem advertência e multa de 200 Valores de Referência do Tesouro Estadual (VRTEs) a 300 mil VRTEs – entre R$ 807 e R$ 1.210.500 na cotação atual. Se houver reincidência, a multa será dobrada e o alvará de funcionamento cassado. 

O documento reconhece o protagonismo dos pais na escolha da educação religiosa e moral dos filhos. De acordo com Assumção, boa parte das escolas não cumpre o seu papel e, “por cumplicidade, conveniência ou covardia”, tornam-se “meras caixas de ressonância” de doutrinas.

“(...) A doutrinação política, ideológica e sexual em sala de aula ofende a liberdade de consciência do estudante; afronta o princípio da neutralidade política e ideológica do Estado, bem como ameaça o próprio regime democrático, na medida em que instrumentaliza o sistema de ensino com objetivo de desequilibrar o jogo político (...), afirma o autor. 

Dessa forma, diz o deputado, essas práticas violam não só a Constituição Federal, como o artigo 12 da Convenção Americana sobre Direitos Humanos. 

Tramitação

A matéria receberá parecer das comissões de Justiça, Educação e Finanças.

Parceria busca aprimorar trabalho de servidores
Ales e Esesp assinaram termo de cooperação que promove intercâmbio e possibilita a servidores públicos participar de diferentes atividades promovidas pelas instituiç...
Deputados vão tomar posse em sessão solene
Marcada para 10 horas de quarta-feira (1º), solenidade terá termo de compromisso e entrega da Comenda Domingos Martins
Polese: trabalho contra a corrupção e a burocracia
Iniciante na Assembleia, Lucas Polese promete imprimir postura combativa que o notabilizou nas redes sociais e atuar pelo fortalecimento do Poder Legislativo
Bahiense: segurança pública como prioridade
Parlamentar reeleito diz que vai lutar pela melhoria da remuneração e das condições de trabalho dos servidores da área 
Parceria busca aprimorar trabalho de servidores
Ales e Esesp assinaram termo de cooperação que promove intercâmbio e possibilita a servidores públicos participar de diferentes atividades promovidas pelas instituiç...
Deputados vão tomar posse em sessão solene
Marcada para 10 horas de quarta-feira (1º), solenidade terá termo de compromisso e entrega da Comenda Domingos Martins
Polese: trabalho contra a corrupção e a burocracia
Iniciante na Assembleia, Lucas Polese promete imprimir postura combativa que o notabilizou nas redes sociais e atuar pelo fortalecimento do Poder Legislativo