Reunião de Segurança tem cobranças ao governo

Bahiense pediu força-tarefa para investigar desaparecimento de policial, enquanto Assumção cobrou instalação de lombada em estrada

Por Redação Web Ales | Atualizado há 1 mês

Montagem de fotos de Assumção e Bahiense em pé no plenário
Capitão Assumção e Delegado Danilo Bahiense são do PL / Foto: Montagem Lucas S. Costa

Os deputados Delegado Danilo Bahiense e Capitão Assumção (ambos do PL) aproveitaram a reunião da Comissão de Segurança nesta segunda-feira (15) para fazer cobranças ao governo do Estado. Bahiense reiterou o pedido para a realização de um trabalho conjunto das forças policiais com o objetivo de investigar o desaparecimento do perito oficial criminal Celso Marvila.

O policial aposentado desapareceu em 3 de agosto, no município canela-verde. Ele é presidente do Jockey Clube de Vila Velha e seu carro, incendiado, foi encontrado no bairro Xuri. O deputado lembrou que já são 12 dias sem informações do agente de segurança. 

Bahiense também cobrou a reabertura de delegacias de Serra Sede, André Carloni e Novo Horizonte, todas na Serra. Segundo explicou, o prefeito Sergio Vidigal (PDT) disse que a administração local arcará com os custos das unidades. O parlamentar lembrou de delegacias fechadas em Vitória e Vila Velha.

Fotos da reunião da Comissão de Segurança

Já Assumção voltou a pedir que o Executivo instale uma lombada na Estrada Ayrton Senna da Silva, em Barramares, Vila Velha, para evitar acidentes automobilísticos. Segundo o parlamentar, na noite de domingo (14) aconteceu um atropelamento envolvendo membros da igreja local. 

Deliberação

Por falta de quórum, não pôde ser deliberado o pedido feito pelo coordenador da Rede Promoção de Ambientes Seguros (Repas), José Geraldo Esteves. Ele pede espaço na Comissão de Segurança para relatar dificuldades que a população de Guarapari enfrenta para acionar o Ciodes (190). 

A reunião do colegiado foi conduzida pelo presidente Luiz Durão (PDT) e também teve a participação de Theodorico Ferraço (PP).

Comissões: Segurança
PL fixa prazo para retirar produto de conserto
Assistências técnicas poderão dar um destino para equipamentos que não forem resgatados pelos clientes 60 dias após contato
Médico adverte sobre descongestionante nasal
Segundo o otorrinolaringologista Alexandre Sgavioli, uso indiscriminado pode causar sangramento, perfuração do septo e arritmia cardíaca
Proibida a prisão de eleitor a partir desta terça
Garantia vai até 48 horas após o pleito de domingo, à exceção de flagrante delito, sentença condenatória por crime inafiançável e desrespeito a salvo-conduto
Eleitor pode baixar e-Título até 1º de outubro
Véspera do primeiro turno é data limite para baixar ou atualizar via digital do título de eleitor
PL fixa prazo para retirar produto de conserto
Assistências técnicas poderão dar um destino para equipamentos que não forem resgatados pelos clientes 60 dias após contato
Médico adverte sobre descongestionante nasal
Segundo o otorrinolaringologista Alexandre Sgavioli, uso indiscriminado pode causar sangramento, perfuração do septo e arritmia cardíaca
Proibida a prisão de eleitor a partir desta terça
Garantia vai até 48 horas após o pleito de domingo, à exceção de flagrante delito, sentença condenatória por crime inafiançável e desrespeito a salvo-conduto