Deputado alerta para assassinatos de homens

Conforme Delegado Danilo Bahiense, a cada 10 horas tem sido registrada uma morte violenta de homem no estado

Por Wanderley Araújo, com informações de Gleyson Tete e edição de Nicolle Expósito

Deputado Delegado Danilo Bahiense fala em microfone na tribuna do plenário
Bahiense também demonstrou preocupação com a faixa etária das vítimas de assassinatos / Foto: Ana Salles

O deputado Delegado Danilo Bahiense (PL) repercutiu na sessão plenária desta segunda (26) matéria veiculada na imprensa capixaba que aponta assassinato de 592 homens no estado no período de janeiro a agosto deste ano, conforme dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) . 

Bahiense demonstrou preocupação com os números, que apontam registro da média de um homicídio a cada 10 horas. Os municípios com mais assassinatos de homens foram: Vila Velha (94), Serra (77), Cariacica (75), Vitória (46) e Linhares (40). 

Conforme o parlamentar, um fator que chama a atenção é a idade das vítimas, pois a maioria está na faixa entre 18 e 24 anos, o que demonstra o quanto é grave na Grande Vitória a morte de jovens devido ao envolvimento com as drogas. 

Fotos da sessão ordinária 

Concurso PM 

O parlamentar citou também que na semana passada houve a formatura de 280 alunos-soldados da Polícia Militar (PMES), o que contribuirá “um pouco” para amenizar a defasagem de policiais nos quadros da corporação. 

De acordo com Bahiense há necessidade de mais concursos, já que a PM precisa recompor cerca de 3 mil postos, enquanto na Polícia Civil essa defasagem é de cerca de 1.400 policiais. 

Eleições 

A reta final das campanhas para as eleições de domingo, dia 2 de outubro, também foi tema de discursos de vários deputados. Sergio Majeski (PSDB) fez um apelo aos eleitores para que compareçam aos locais de votação e não deixem de escolher candidatos para os cargos de presidente, governador, senador, além de deputados federal e estadual. 

Ele considerou prejudicial para a democracia o ato de quem anula o voto, citando que nas eleições cada brasileiro tem a oportunidade única de reeleger quem ele considera que merece ser reeleito ou de eleger novos políticos para o exercício de mandatos. 

O parlamentar defendeu reformas na legislação eleitoral para a implantação do voto distrital. Para ele, caso esse sistema estivesse em vigor, o eleitor teria menos dificuldade de fazer as escolhas de deputados, pois haveria filtro de candidaturas por região. 

Ele orientou o eleitor que pesquise na internet e nas redes sociais mais informações sobre os candidatos caso esteja em dúvida sobre em quem votar, diante da numerosa quantidade de postulantes. 

Venda de votos 

Gandini (Cidadania) reproduziu um áudio de suposto eleitor assediando-o na tentativa de vender votos. No áudio, um homem não identificado precifica, num primeiro momento, cada voto pela quantia de R$ 300.

Sem resposta, em outro áudio, o homem pressiona: “vai querer os votos ou não, mano? Nós estamos em oito (eleitores) agora. Mas o preço agora é 350 (reais). E aí?”, pergunta. 

O autor do áudio insiste em outro momento apelando a Gandini para decidir se compraria ou não o voto, já que haveria outro candidato disposto a fazer o negócio. “Eu estou rindo para não chorar porque é impressionante a cara de pau de alguém mandar algum áudio nesse sentido”, comentou o deputado.

Ordem do Dia

Quinze itens faziam parte da Ordem do Dia, mas nenhum deles chegou a ser analisado porque permaneceu em prazo regimental na Comissão de Justiça o primeiro item da pauta. Trata-se do veto total ao Projeto de Lei (PL) 7/2021, de Sergio Majeski, que altera a Lei 11.227/2020 para incluir na legislação o Índice Municipal de Qualidade do Meio Ambiente (IQM). Com a manutenção do prazo ocorreu o “trancamento” da pauta. Dessa forma, todos os itens voltam a compor a sessão desta terça-feira (27).

Sessão destaca nomes no combate à violência contra a mulher
Dia Internacional para Eliminação da Violência Contra as Mulheres pautou solenidade na Assembleia. Casos de feminicídio subiram 46% em um ano no ES
Assembleia decreta luto por ataques em Aracruz
Os episódios envolvendo duas escolas do município capixaba repercutem em todo o país; dois professores e uma aluna de 12 anos foram mortos 
Cicloturismo ganha legislação específica
Segundo iniciativa do deputado Gandini, rotas de cicloturismo ficarão abrigadas em uma única norma
Membros da Maranata são homenageados
Sessão solene para entrega da Comenda Gedelti Victalino Teixeira Gueiros contou com a presença do patrono da honraria
Sessão destaca nomes no combate à violência contra a mulher
Dia Internacional para Eliminação da Violência Contra as Mulheres pautou solenidade na Assembleia. Casos de feminicídio subiram 46% em um ano no ES
Assembleia decreta luto por ataques em Aracruz
Os episódios envolvendo duas escolas do município capixaba repercutem em todo o país; dois professores e uma aluna de 12 anos foram mortos 
Cicloturismo ganha legislação específica
Segundo iniciativa do deputado Gandini, rotas de cicloturismo ficarão abrigadas em uma única norma