Últimos dias para a propaganda eleitoral do primeiro turno

No domingo, dia das eleições gerais, é proibido fazer propaganda

Por Gleyson Tete, com edição de Angèle Murad

Homem de boné de costas segura controle remoto e na TV tela azul do Horário Eleitoral Gratuito
O horário eleitoral na TV e no rádio terminou na quinta-feira (29) / Foto: Lucas S. Costa

A propaganda eleitoral dos candidatos que concorrem no primeiro turno entra na fase final. Nesta sexta-feira (30) é o último dia para veicular anúncio pago na imprensa escrita e reproduzi-lo na internet. Já no sábado (1º) encerra o prazo para caminhadas, distribuição de material gráfico, carreatas, passeatas, uso de carros de som e alto-falantes.

Não é permitido aos candidatos e apoiadores campanha no domingo (2), dia da eleição. Contudo, o eleitor pode ir votar vestindo camiseta, bandeira, entre outros adereços do partido ou candidato de sua preferência. Quem praticar a chamada “boca de urna” (tentativa de arregimentar votos para um determinado candidato) ou for pego em flagrante descartando material de campanha pelas ruas com o intuito de obter alguma vantagem está sujeito a detenção e multa segundo a legislação eleitoral.

O horário eleitoral no rádio e na televisão acabou na quinta-feira (29), com  a veiculação de programas dos candidatos a presidente da República e deputado federal. Se ocorrer segundo turno para presidente ou governador, ele volta a ser exibido entre os dias 7 e 28 de outubro. Também na quinta terminaram as inserções de 30 e 60 segundos veiculadas durante a programação das emissoras de TV e rádio, abrangendo todos os cargos. 

Denúncias eleitorais

Foram registradas até as 10 horas desta sexta-feira 873 ocorrências em 48 dos 78 municípios capixabas no Pardal – ferramenta da Justiça Eleitoral para receber denúncias de propaganda irregular na eleição. Vila Velha (234), Vitória (145) e Cachoeiro de Itapemirim (111) lideram o ranking com o maior número de denúncias.

Quem quiser pode baixar o aplicativo para celular do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no Google Play ou App Store. Pelo portal do sistema Pardal é possível conferir o andamento da denúncia caso tenha o número do protocolo e ainda verificar a quantidade de denúncias registradas até o momento por estado e município.

Próximo governo: policiais reforçam demandas
Em reunião na Ales, eles disseram esperar que o governador reeleito atenda pleitos apresentados durante campanha eleitoral
Chuvas: Ales sinaliza apoio aos municípios
Legislativo coloca-se pronto para atender e ratificar situações oficiais de calamidade pública, permitindo agilidade no repasse de recursos estaduais 
Bahiense quer prevenção a novos atentados em escolas
Presidente da Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente propõe medidas de segurança, como botão de pânico, câmeras de monitoramento e vigilância armada
Ales dá aval a PL que reduz esgoto no ambiente
Projeto que obriga concessionárias a fazerem a ligação de imóveis à rede de coleta de esgoto foi aprovado pelo Plenário
Próximo governo: policiais reforçam demandas
Em reunião na Ales, eles disseram esperar que o governador reeleito atenda pleitos apresentados durante campanha eleitoral
Chuvas: Ales sinaliza apoio aos municípios
Legislativo coloca-se pronto para atender e ratificar situações oficiais de calamidade pública, permitindo agilidade no repasse de recursos estaduais 
Bahiense quer prevenção a novos atentados em escolas
Presidente da Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente propõe medidas de segurança, como botão de pânico, câmeras de monitoramento e vigilância armada