Segundo turno: liberada campanha nas ruas

Horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão tem início na sexta-feira (7)

Por João Caetano Vargas, com edição de Nicolle Expósito | Atualizado há 1 mês

Detalhe da mão de pessoa entregando panfleto
No segundo turno, o tempo da propaganda gratuita é dividido igualmente entre os candidatos / Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

Desde as 17 horas desta segunda-feira (3) está autorizada a realização de propaganda eleitoral para o segundo turno das eleições. Os comícios com uso de aparelhagem de sonorização fixa estão liberados até 27 de outubro. Também já está permitida a distribuição de material gráfico; a circulação de veículos com alto-falantes e amplificadores de som; além da realização de caminhadas, carreatas ou passeatas, acompanhadas ou não por carro de som ou minitrio até 29 de outubro. A divulgação paga, na imprensa escrita, e a reprodução na internet de jornal impresso também está liberada até 28 de outubro.

Já as propagandas eleitorais gratuitas e inserções em rádio e televisão dos candidatos que vão disputar o segundo turno voltam ao ar na próxima sexta-feira (7). No Espírito Santo, o atual chefe do Executivo estadual, Renato Casagrande (PSB), e o ex-deputado federal Carlos Manato (PL) disputam o segundo turno. Já a eleição para presidente será decidida entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o atual chefe do Executivo Federal, Jair Bolsonaro (PL).

Casagrande (PSB), que ficou com 46,94% dos votos válidos no primeiro turno, disputa o pleito no dia 30 de outubro com Carlos Manato (PL), que obteve 38,48% dos votos válidos. Lula recebeu 48,43% dos votos válidos, enquanto Bolsonaro (PL) ficou com 43,20%.

Os programas com as propostas dos candidatos ao governo e à presidência da República serão exibidos de segunda a sábado, até a antevéspera das eleições, no dia 28 de outubro, em dois períodos de 20 minutos, cada. 

Tanto para o cargo de governador como para o de presidente da República, o tempo de TV será dividido de forma igualitária entre os candidatos, diferente do que acontece no primeiro turno, quando esse tempo é dividido de forma proporcional à representatividade dos partidos na Câmara Federal. 

Veja os horários em que serão veiculadas as propagandas eleitorais obrigatórias, de responsabilidade dos partidos políticos, de acordo com a Resolução 23.610/2019, do Tribunal Superior Eleitoral:

Rádio

- Das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10 para presidente
- Das 7h10 às 7h20 e das 12h10 às 12h20 para governador

Televisão

- Das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40 para presidente
- Das 13h10 às 13h20 e das 20h40 às 20h50 para governador

Chocolate é o tema do Sabores que estreia sábado
Destaque fica para o “bean to bar”, conceito que simboliza a preocupação com o sabor do cacau e a sustentabilidade
Próximo governo: policiais reforçam demandas
Em reunião na Ales, eles disseram esperar que o governador reeleito atenda pleitos apresentados durante campanha eleitoral
Chuvas: Ales sinaliza apoio aos municípios
Legislativo coloca-se pronto para atender e ratificar situações oficiais de calamidade pública, permitindo agilidade no repasse de recursos estaduais 
Bahiense quer prevenção a novos atentados em escolas
Presidente da Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente propõe medidas de segurança, como botão de pânico, câmeras de monitoramento e vigilância armada
Chocolate é o tema do Sabores que estreia sábado
Destaque fica para o “bean to bar”, conceito que simboliza a preocupação com o sabor do cacau e a sustentabilidade
Próximo governo: policiais reforçam demandas
Em reunião na Ales, eles disseram esperar que o governador reeleito atenda pleitos apresentados durante campanha eleitoral
Chuvas: Ales sinaliza apoio aos municípios
Legislativo coloca-se pronto para atender e ratificar situações oficiais de calamidade pública, permitindo agilidade no repasse de recursos estaduais