Deputados orientam sobre câncer de mama

Majeski, Doutor Hércules e Janete de Sá apontaram necessidade de diagnóstico precoce e ações para ampliar acesso de pacientes a exames

Por Aldo Aldesco, com edição de Nicolle Expósito

Deputada Janete de Sá fala em microfone na tribuna do plenário da Assembleia Legislativa
Janete de Sá disse que em 2022 estão previstos 790 novos casos da doença no estado / Foto: Ana Salles

O Outubro Rosa, campanha de prevenção ao câncer de mama, foi um dos temas de discursos da reunião ordinária da Assembleia Legislativa (Ales) desta terça-feira (4). Os parlamentares também voltaram a comentar as eleições do último domingo. 

A importância da conscientização sobre o câncer de mama, que pode ser evitado com hábitos saudáveis e exames preventivos, foi um dos pontos abordados. Sergio Majeski (PSDB) destacou que as mulheres ainda têm de esperar muito tempo para um exame de mamografia, após o autoexame das mamas.

O parlamentar ainda apontou a necessidade de ações do poder público voltadas para a prevenção e tratamento da doença. “É muito importante que existam essas datas porque elas acabam forçando uma reflexão da situação das mulheres a respeito do câncer de mama”, comentou Majeski. 

Fotos da sessão ordinária

Doutor Hércules (Patri) lembrou que homens também estão sujeitos ao câncer de mama, e, por isso, também devem fazer exames preventivos. “É preciso que as mulheres e homens – para quem não sabe, os homens também têm câncer de mama, embora seja raro – quanto mais cedo se fizer o tratamento poderá ter mais sucesso”, esclareceu.

Ele reiterou as dificuldades para encontrar um especialista, principalmente no interior, e também para consultas, exames e tratamentos. Apontou ainda que a demora ocorre no estado e em todo o Brasil. O deputado, que é médico ginecologista, descreveu os vários tipos de exames disponíveis para diagnosticar o câncer de mama. 

Janete de Sá (PSB) também destacou o Outubro Rosa e a situação de tratamento no estado. Ela informou que em 2021 foram 885 casos e para 2022 estão previstos 790 novos casos em mulheres e homens, segundo dados do Hospital Santa Rita.   

A deputada reiterou os principais sintomas do câncer nas mulheres e alertou que a verificação nos seios deve ser uma atitude cotidiana e, em quaisquer sinais de anormalidade, um médico deve ser procurado para avaliação. A parlamentar, que é enfermeira de formação, informou que os sintomas costumam ser mais comuns em pessoas com mais de 50 anos. 

“Segundo o Instituto Nacional do Câncer, cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados quando se tem hábitos mais saudáveis. Quais são eles: praticar atividades físicas, manter o peso corporal adequado, evitar o consumo de bebidas alcoólicas em exagero, amamentar seu bebê. A amamentação, o maior tempo possível, é um fator de proteção também contra o câncer. Não fumar e evitar o tabagismo passivo”, orientou a deputada. 

Proteção ao meio ambiente

Em seu discurso na fase do grande expediente, o deputado Sergio Majeski comentou o Dia de São Francisco, protetor dos animais, e o Dia Mundial dos Animais. Ele relacionou a proteção aos animais ao veto à iniciativa proposta por ele para criar o imposto verde com objetivo de proteger o meio ambiente. 

“A criação do ICMS verde seria fundamental no sentido de preservar recursos naturais e o meio ambiente, que tem tudo a ver com a preservação da fauna”, observou. O Plenário manteve o veto ao projeto aposto pelo Executivo, por isso a proposta será arquivada

A presidente da CPI dos Maus-Tratos aos Animais também lembrou o dia dedicado ao santo protetor dos animais, indicando o Santuário de Vila Velha onde o animal pode receber a bênção no dia de hoje.  

Janete de Sá também agradeceu aos eleitores capixabas pela votação que lhe garantiu mais quatro anos de trabalho como deputada estadual. “Quero agradecer os 25.846 votos que recebi nas urnas do povo do Espírito Santo confiante nesse trabalho que a gente desenvolve nessa Casa”, agradeceu.

Eleições

Avaliação rápida e boas-vindas aos novos deputados eleitos e aos reeleitos para a próxima Legislatura estiveram na fala do deputado Dary Pagung (PSB). O líder do governo na Ales lembrou também dos parlamentares que não conseguiram a reeleição, ressaltando a contribuição dada pelos colegas. Ainda agradeceu todo o apoio recebido em sua reeleição. 

“Quero parabenizar todos os deputados reeleitos e também aqueles que vão chegar à Casa a partir do ano que vem. Nós temos muita responsabilidade com o estado do Espírito Santo. O Poder Legislativo é ressonância da sociedade mas temos que dizer para todos que é daqui que saem as ideias, que nasce aquilo que a população acredita, que nascem os projetos de lei. Fiscalizamos o Executivo, mas também temos de ter responsabilidade para dar sustentação administrativa e política para que o estado do Espírito Santo possa continuar no caminho do desenvolvimento e organizado”, refletiu Pagung. 

O deputado Freitas (PSB) relatou se sentir vitorioso pelos 36 mil votos recebidos, apesar de não ter sido eleito para uma vaga na Câmara Federal. Apontou como trunfo de sua campanha a defesa de propostas para os municípios que integram o Norte, Noroeste e extremo Norte capixaba. 

“Aquela região precisa ter o seu representante participando ativamente desse debate em Brasília. A região respondeu muito bem a uma pauta de debate em 13 municípios, fizemos uma pré-campanha debatendo com os prefeitos, vereadores e com a sociedade civil”, registrou Freitas. 

Despedidas

Também do PSB, Bruno Lamas prestou seus agradecimentos a todos os envolvidos em sua campanha e destacou proposições apresentadas por ele e aprovadas pela Casa em benefício da população capixaba. 

Lamas, que não conseguiu a reeleição, parabenizou os deputados eleitos, especialmente os colegas do município da Serra, Alexandre Xambinho (PSC) e Vandinho Leite (PSDB).

“Quero registrar minha convivência pacífica com meus colegas deputados e deputadas. Fui carinhosamente recebido, tive oportunidade de conviver durante esses dois mandatos e terei ainda com todos eles uma relação pacífica, harmônica, respeitosa, republicana. Em alguns momentos, divergindo com um colega ou outro, mas sempre mantendo meus princípios, meus conceitos de paz e família e o espírito republicano”, declarou. 

O deputado Dr. Emílio Mameri (PSDB) expressou agradecimentos pelo apoio na campanha e a votação recebida e aproveitou para parabenizar os eleitos. Apesar de ter considerado o pleito tranquilo, avaliou que a campanha radicalizada prejudicou aqueles que, como ele, estão situados no centro do espectro político. 

“Uma eleição limpa, tranquila, onde as pessoas puderam expressar todo o seu equilíbrio e todo o seu sentimento democrático. Foi uma eleição que não teve problema de violência. Temos que agradecer, num momento de turbulência, extremos de um lado, extremos de outro lado, termos uma eleição tranquila, é uma aula de civilidade”, analisou Mameri.   

Chocolate é o tema do Sabores que estreia sábado
Destaque fica para o “bean to bar”, conceito que simboliza a preocupação com o sabor do cacau e a sustentabilidade
Próximo governo: policiais reforçam demandas
Em reunião na Ales, eles disseram esperar que o governador reeleito atenda pleitos apresentados durante campanha eleitoral
Chuvas: Ales sinaliza apoio aos municípios
Legislativo coloca-se pronto para atender e ratificar situações oficiais de calamidade pública, permitindo agilidade no repasse de recursos estaduais 
Bahiense quer prevenção a novos atentados em escolas
Presidente da Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente propõe medidas de segurança, como botão de pânico, câmeras de monitoramento e vigilância armada
Chocolate é o tema do Sabores que estreia sábado
Destaque fica para o “bean to bar”, conceito que simboliza a preocupação com o sabor do cacau e a sustentabilidade
Próximo governo: policiais reforçam demandas
Em reunião na Ales, eles disseram esperar que o governador reeleito atenda pleitos apresentados durante campanha eleitoral
Chuvas: Ales sinaliza apoio aos municípios
Legislativo coloca-se pronto para atender e ratificar situações oficiais de calamidade pública, permitindo agilidade no repasse de recursos estaduais