Terceiro setor é pauta de reunião na Assembleia

Especialista falou em reunião da Comissão de Cidadania sobre importância de entidades que exercem atividades de interesse social

Por João Caetano Vargas, com edição de Nicolle Expósito

Mulher de pele morena, alta, com cabelos lisos compridos e castanhos, vestida com roupa roxa
Ana Simões apontou necessidade de identificar linhas de ação de entidades que auxiliam o Estado / Foto: Lucas S. Costa

A Comissão de Cidadania da Assembleia Legislativa (Ales) recebeu nesta terça-feira (6) a mestra em Políticas Públicas Ana Cláudia Simões. A especialista foi convidada para falar sobre o papel do terceiro setor na construção de uma sociedade cidadã. Um dos focos da apresentação foi “identidade jurídica”.

A palestrante falou sobre a importância das entidades filantrópicas saberem identificar suas linhas de atuação. Ela explicou que só após essa identificação será possível definir os parceiros em rede a se conectar, os desafios, a fonte de manutenção da instituição, os limites e competências, o quadro de recursos humanos e as certificações que a entidade tem direito de reivindicar.

Fotos da reunião

Ana Cláudia entende que a maior parte do terceiro setor funciona como um braço do Estado. “A minha percepção como consultora, pesquisadora, estudiosa da temática, é que a concentração está no braço estatal, na prestação de serviço complementar às políticas públicas”, explicou.

“A minha inquietação não é porque tem muita instituição fazendo isso, é porque tem pouca instituição fazendo o restante, que é tão importante quanto ser o braço estatal. A gente precisa, no meu ponto de vista, pensar um pouquinho no assessoramento, na defesa e garantia de direitos, na linha para além da execução, além da prestação do serviço, em si. Essa é a minha proposta de reflexão”, complementou a convidada.

A reunião foi conduzida pelo presidente do colegiado, deputado Luciano Machado (PSB). O parlamentar lamentou que ainda exista muito amadorismo no setor. “Há muito amadorismo da parte de quem quer se constituir, formar uma fundação, uma ONG. Um percentual grande quer achar um meio de poder servir, de poder se organizar, mas não pode ser amador”, afirmou.

Núcleo do Terceiro Setor

A Ales conta com um serviço de apoio e orientação a organizações do terceiro setor de todas as regiões do estado, nas áreas de assessoramento jurídico e administrativo. O Núcleo Otacílio Coser de Apoio às Organizações da Sociedade Civil atende as entidades que prestam serviços sociais e assistenciais aos cidadãos do Espírito Santo, mas carecem de estrutura financeira para contratar uma equipe administrativa.

O diretor do núcleo, Carlos Ajur, participou da reunião e ressaltou o pioneirismo da Ales em implantar esse tipo de serviço de apoio ao terceiro setor no Legislativo estadual. O Núcleo Otacílio Coser funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. Os telefones para contato são: (27) 3182-2216 / 3382-2376 / 3382-3798.

Comissões: Cidadania
Parceria busca aprimorar trabalho de servidores
Ales e Esesp assinaram termo de cooperação que promove intercâmbio e possibilita a servidores públicos participar de diferentes atividades promovidas pelas instituiç...
Deputados vão tomar posse em sessão solene
Marcada para 10 horas de quarta-feira (1º), solenidade terá termo de compromisso e entrega da Comenda Domingos Martins
Polese: trabalho contra a corrupção e a burocracia
Iniciante na Assembleia, Lucas Polese promete imprimir postura combativa que o notabilizou nas redes sociais e atuar pelo fortalecimento do Poder Legislativo
Bahiense: segurança pública como prioridade
Parlamentar reeleito diz que vai lutar pela melhoria da remuneração e das condições de trabalho dos servidores da área 
Parceria busca aprimorar trabalho de servidores
Ales e Esesp assinaram termo de cooperação que promove intercâmbio e possibilita a servidores públicos participar de diferentes atividades promovidas pelas instituiç...
Deputados vão tomar posse em sessão solene
Marcada para 10 horas de quarta-feira (1º), solenidade terá termo de compromisso e entrega da Comenda Domingos Martins
Polese: trabalho contra a corrupção e a burocracia
Iniciante na Assembleia, Lucas Polese promete imprimir postura combativa que o notabilizou nas redes sociais e atuar pelo fortalecimento do Poder Legislativo